Tempo
|
A+ / A-

Marcelo condecora António Barreto, Pintasilgo e D. Manuel Martins

03 out, 2017 - 19:21

O primeiro bispo da Diocese de Setúbal, falecido a 24 de Setembro, vai receber a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

A+ / A-

O Presidente da República vai condecorar com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, neste 5 de Outubro, o sociólogo e antigo ministro da Agricultura António Barreto, e a título póstumo, a antiga primeira-ministra Maria de Lourdes Pintasilgo e o antigo bispo de Setúbal, D. Manuel Martins.

A informação é avançada numa nota divulgada no site da Presidência da República.

Estas condecorações serão atribuídas no dia em que se celebra o 107.º aniversário da Implantação da República, às 13h00, numa cerimónia no Palácio de Belém.

A Ordem da Liberdade destina-se a distinguir "serviços relevantes prestados em defesa dos valores da civilização, em prol da dignificação da pessoa humana e à causa da liberdade".

António Barreto já tinha sido distinguido com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo, em 2012, assim como o bispo D. Manuel Martins, em 2007, ambos no mandato do anterior Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

Maria de Lourdes Pintasilgo recebeu igualmente a Grã-Cruz da Ordem de Cristo, em 1981, quando António Ramalho Eanes era Presidente da República, e mais tarde foi condecorada com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, em 1994, no segundo mandato presidencial de Mário Soares.

[Notícia actualizada às 19h40]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.