Tempo
|
A+ / A-

Catalunha. Independentistas ocupam escolas. Polícia deve entrar às 6h00

01 out, 2017 - 00:02

Este domingo está marcado um referendo pela independência da Catalunha que Madrid considera ilegal.

A+ / A-
Peça de Pedro Mesquita, jornalista da Renascença enviado à Catalunha
Peça de Pedro Mesquita, jornalista da Renascença enviado à Catalunha
Foto: Pedro Mesquita/RR

Veja também:


Os independentistas continuam a tudo fazer para que se realize o referendo na Catalunha.

Muitos ocuparam escolas onde, alegadamente, se vai realizar este domingo o voto.

Garantem que vão fazer oposição pacífica e não recorrer à força, mesmo que a polícia os queira expulsar.

Está previsto que às 6h00 (hora espanhola) as autoridades, catalãs ou nacionais, tentem evitar a entrada das urnas e dos votos.

Os Mossos d’Esquadra (polícia catalã) identificaram 163 escolas ocupadas e com actividades. No total 1.300 escolas foram designados como centros de voto no referendo de autodeterminação considerado ilegal pelo Estado espanhol.

Segundo o executivo catalão, que convocou o referendo, 7.235 pessoas irão assegurar a votação na consulta popular de domingo.

Foram, entretanto, cortados os acessos às aplicações móveis criadas para divulgar os resultados do referendo.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.