Tempo
|
A+ / A-

Portugal candidata-se esta segunda-feira à sede da Agência do Medicamento

31 jul, 2017 - 07:59

Porto foi a cidade escolhida e concorre com 22 outras. Agência vai deixar Londres, na sequência do Brexit.

A+ / A-

Portugal apresenta esta segunda-feira, à União Europeia, a candidatura à Agência Europeia do Medicamento (EMA), que propõe o Porto para acolher a sede da instituição, segundo fonte oficial.

A cidade candidata ficou decidida a 13 de Julho, em Conselho de Ministros. Depois de uma disputa entre Lisboa e o Porto, o Governo concluiu que o Porto "apresenta melhores condições para acolher a sede daquela instituição".

Entre elas, segundo o ministro da Saúde na altura, "instalações logísticas" capazes de, com "um pequeno esforço de adaptação", acolher os cerca de 900 funcionários que actualmente trabalham na sede daquela agência em Londres.

Quanto às possíveis localizações na cidade, o ministro da Saúde apontou que está sinalizado "um edifício na praça D. João I, que apresenta condições técnicas muito adequadas".

Inicialmente, Lisboa era a única candidata nacional, mas o Governo reabriu o processo de forma a integrar também o Porto.

Praticamente todos os Estados-membros da União Europeia já apresentaram ou vão apresentar uma candidatura a sede da EMA, relativamente à qual deve existir uma decisão final em Outubro ou Novembro.

Lisboa já é sede de duas agências europeias: a da Segurança Marítima e o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência.

O Porto enfrenta a candidatura de mais 22 cidades, entre as quais Bruxelas, Barcelona, Milão, Amesterdão, Atenas, Dublin, Copenhaga e Estocolmo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • RIB
    31 jul, 2017 PORTO 12:01
    Era muito bom que viesse para o Porto. Até ao final do processo e, atendendo à forte concorrência, será uma batalha dura e difícil.