|
A+ / A-

Guterres. Agenda 2030 só terá êxito se Acordos de Paris forem concretizados com "ambição acrescida"

03 jul, 2017 - 12:20

O secretário-geral da ONU, António Guterres, salientou que se verifica uma evolução norte-americana relativamente à 'economia verde' e às alterações climáticas.

A+ / A-

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, avisou, esta segunda-feira, que a Agenda 2030, integrada nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável, só terá êxito se os Acordos de Paris sobre as alterações climáticas forem concretizados “com uma ambição acrescida".

António Guterres declarou que a Agenda de 2030 também não se vai realizar se, em simultâneo, não se conseguir “ter uma discussão racional sobre os movimentos da população, sobre a mobilidade humana, sobre migrações” e se não se conseguir “evitar a esquizofrenia em que muitas das sociedades se deixaram possuir".

O secretário-geral da ONU adiantou que se verifica um “sobressalto à escala mundial” e uma “reafirmação por parte de todos os outros governos do seu compromisso com Paris”.

António Guterres salientou que o optimismo é maior quando se observa a evolução norte-americana. "Este sobressalto está a gerar, nalgumas cidades e Estados e na classe empresarial, um fortíssimo compromisso com a 'economia verde' e com os objectivos de luta em relação às alterações climáticas", afirmou o secretário-geral.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, discursava na sessão de abertura da 49ª Reunião do Tidewater, em Lisboa. Na conferência, estavam presentes 36 legações de diversos países, várias organizações internacionais, bancos e organizações não-governamentais e da sociedade civil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • vidente
    03 jul, 2017 porto 16:22
    Este até finais de setembro vai bater à porta de S.Pedro. VIDENTE que nunca falha. Morte súbita. Pesadelos que nunca falham.