Tempo
|
A+ / A-

Ataques informáticos. Empresas portuguesas sob ataque internacional

12 mai, 2017 - 15:27 • Rui Barros

A Portugal Telecom é um dos alvos. Ataque está a levar as empresas a desligarem os computadores da rede

A+ / A-

Um ataque informático está a afectar os serviços de várias empresas tecnológicas portuguesas, desde a manhã desta sexta-feira.

Alguns computadores da Portugal Telecom foram afectados, com os computadores a ficarem com o conhecido "ecrã azul" - um recurso que os sistemas operativos da Windows costumam utilizar para comunicar uma falha grave no sistema.

Apesar de tudo, a empresa de telecomunicações garante que "todas as equipas técnicas estão a assumir as diligências necessárias para resolver a situação, tendo sido activados todos os planos de segurança desenhados para o efeito, em colaboração com as autoridades competentes".

Ao contrário daquilo que tina sido noticiado inicialmente, "a rede e os serviços de comunicações fixo, móvel, móvel, internet e TV prestados pelo MEO não foram afectados", avançou a Portugal Telecom à Renascença. Também a KPMG esclarece "que está a operar de forma normal, não tendo sofrido qualquer ataque informático durante o dia de hoje".

A EDP também já tomou medidas preventivas e, ao que apurou a Renascença, decidiu cortar os acesso internet na sua rede ao nível Ibérico. A Vodafone não foi afectada, mas decidiu desligar os seus computadores da rede por precaução.

Este ataque, que afecta os utilizadores do sistema operativo Windows encripta os ficheiros e exige depois um resgate a ser pago em Bitcoins.

Os trabalhadores das empresas afectadas foram aconselhados a desligarem os computadores das redes e a Portugal Telecom já alertou os seus clientes para o vírus que circula na internet, pedido cautela na navegação na rede e na abertura de anexos recebidos por correio electrónico.

Ainda não é conhecida a origem do ataque.

A Polícia Jucíciária já está a investigar o ataque.

Ataque Internacional

De acordo com a agência Lusa, a multinacional espanhola Telefónica também foi afectada por este ataque. A mesma agência avança que, em alguns equipamentos, surgiu uma mensagem a pedir "bitcoins" - uma moeda virtual desenvolvida debaixo do ideal de não ser controlada por qualquer governo.

O Centro Cristológico Nacional Espanhol já emitiu um comunicado, informando que se trata de uma versão do WannaCry, um vírus informático que encripta os ficheiros dos computadores.

A Telefónica já fez saber, no entanto, que o serviço de internet, telefone fixo ou telemóveis que fornece aos mais de 15 milhões de clientes em Espanha não foi afectado.

O jornal britânico The Guardian notícia que também computadores do Serviço Nacional de Saúde foram afectados.

Médicos do serviço britânico informaram que, à semelhança do que está a acontecer com os computadores da Portugal Telecom, os computadores estão a ser alvo de sequestro. "Às 12h30 verificamos que o nosso sistema de e-mail estava com problemas. A seguir o nosso sistema clínico também mostrou estar em baixo", disse um dos médicos ao jornal Britânico.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • CIA
    12 mai, 2017 Lisboa 16:19
    Se a Portugal Telecom está a ser atacada é um bom começo...