Tempo
|
A+ / A-

Vai ficar mais frio. Lisboa apela à doação de roupas quentes

18 jan, 2017 - 07:46

Temperaturas baixas levam IPMA a colocar quatro distritos sob aviso laranja. Planos de contingência para os sem-abrigo em vigor em Lisboa e no Porto. Animais de estimação permitidos pela primeira vez.

A+ / A-
Vai ficar mais frio. Lisboa apela à doação de roupas quentes
Vai ficar mais frio. Lisboa apela à doação de roupas quentes

Veja também:


O vereador da Protecção Civil da Câmara Municipal de Lisboa apela a todos os cidadãos que entreguem roupas quentes de que não necessitem no pavilhão do Casal Vistoso, que está a acolher e apoiar os sem-abrigo da cidade por causa do frio.

Carlos Castro explica que as roupas serão depois distribuídas por quem mais necessita, por técnicos da autarquia e da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa destacados para a operação.

Foram mobilizadas perto de 200 pessoas para a “Fase Laranja” do Plano de Contingência para os Sem-Abrigo de Lisboa, accionada na terça-feira à tarde. No pavilhão do Casal Vistoso distribuem-se refeições quentes e roupas, sendo ainda possível tomar um banho quente.

“Houve um reforço por parte da equipa de transportes da Câmara Municipal, para transportar essas pessoas dos locais onde à noite são distribuídas refeições e há contacto dos técnicos, quer municipais quer de outras instituições que trabalham com a população sem-abrigo, para aqui [Casal Vistoso]. Depois, do pavilhão são dirigidas para locais onde podem pernoitar”, explica o vereador.

Carlos Castro adianta que “este ano, fruto da aprendizagem de anos anteriores, inovámos e como há muitos sem-abrigo com animais de estimação, podem trazê-los e serão aqui devidamente tratados”.

No Porto, três equipas da acção social andam nas ruas a contactar os sem-abrigo, para os encaminhar para a estação do Bolhão ou para o Hospital Joaquim Urbano.

A “Fase Laranja” deverá vigorar até sábado, uma vez que se prevê as temperaturas mínimas se mantenham muito baixas até ao fim-de-semana.

Ainda assim, haverá uma monitorização das previsões meteorológicas todos os dias, segundo o vereador da Protecção Civil.

Quatro distritos sob aviso laranja

Os distritos de Évora, Castelo Branco, Aveiro e Portalegre estão sob aviso laranja esta quarta-feira por causa do tempo frio. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê que as temperaturas mínimas desçam mais esta noite.

“Vai-se manter o tempo frio, a próxima noite será ainda um pouco mais fria e depois vão-se manter sem grandes alterações até ao fim-de-semana”, afirma à Renascença a meteorologista Madalena Rodrigues.

Por isso, o aviso laranja vai vigorar entre as 21h00 desta quarta e as 5h00 de sexta-feira.

Os restantes 14 distritos de Portugal Continental estão sob aviso amarelo desde as 23h00 de terça-feira e até às 5h00 de sexta-feira.

Segundo o IPMA, as temperaturas estão mais baixas por causa de uma massa de ar continental mais fria e seca. A temperatura mínima deverá descer entre 4 e 6 graus e a máxima entre 7 e 9 graus.

Em Lisboa, as temperaturas vão variar esta quarta-feira entre 3 e 12, no Porto entre 1 e 11, em Vila Real entre -3 e 5, em Viseu entre -3 e 6, em Bragança entre -6 e 4, na Guarda entre -6 e 2, em Castelo Branco entre 0 e 6, em Coimbra entre 1 e 8, em Portalegre entre -2 e 4, em Santarém entre 1 e 10, em Évora entre -1 e 8, em Beja entre 0 e 8, em Faro entre 3 e 12 e em Aveiro entre 1 e 10.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel
    18 jan, 2017 Lisboa 10:35
    As pessoas já estão sobrecarregadas com impostos, é a taxa de esgotos, é a taxa da protecção civil, é o IMI e ainda vêm pedir cobertores, roupa, etc. Em vez de gastarem o dinheiro em obras de fachada, gastem o dinheiro nestas alturas para apoiarem os necessitados. Também não percebo, é sem abrigo e tem animais de estimação? Anda tudo maluco.
  • ze
    18 jan, 2017 lisboa 10:10
    "Lisboa apela à doação de roupas quentes" Está um frio em Lisboa que digo eu...!... Fará agora no Norte!
  • Marco
    18 jan, 2017 algures 09:45
    "Animais de estimação permitidos pela primeira vez" - Muito bem. Nota-se evoluçao dos tempos. Assim é que é.

Destaques V+