A+ / A-

Eleições Sporting. Pedro Madeira Rodrigues lamenta "calendário curto"

28 dez, 2016 - 19:28

Único candidato, até agora, às eleições de 4 de Março pronuncia-se sobre a marcação do acto eleitoral e volta a garantir que irá até ao fim.

A+ / A-

Pedro Madeira Rodrigues lamenta que a mesa da assembleia-geral do Sporting tenha optado pela janela mais célere para marcar as eleições para o emblema de Alvalade, salientando o "calendário curto" que intervala o presente e o dia 4 de Março.

"Constatamos que as eleições foram marcadas com o menor prazo possivel dentro do previsto nos estatutos (entre 1 de Marco e 30 de Abril). É um calendário curto mas é o calendário que o presidente da Assembleia Geral decidiu escolher", pode ler-se num comunicado enviado pela candidatura do empresário de 45 anos às redacções.

É uma decisão que acolhemos com naturalidade pois tal como PMR já disse esta é uma candidatura forte, unida e devidamente preparada para ir até ao fim deste processo", prossegue a referida nota, que recupera, ainda, as principais ideias deixadas por Pedro Madeira Rodrigues na altura da oficialização da candidatura à presidência do Sporting.

"Queremos ganhar as eleições e sabemos que há uma larga maioria de sportinguistas que nao se revê neste estilo de liderança e que terá no nosso projecto uma alternativa de confiança para voltar a ter o Sporting sempre na frente. Este é o momento para nos rodearmos de grandes sportinguistas, para fecharmos as bases do nosso programa que irão dar corpo à visao de futuro e de crescimento que temos para o nosso clube e de constituir uma equipa sólida e competente que possa afirmar o Sporting de forma transversal, com especial enfoque no futebol profissional e na formação, nas modalidades bem como no reforço do associativismo e participação dos sócios na vida do clube", argumenta Madeira Rodrigues, deixando uma promessa quanto à divulgação do projecto.

"Nos primeiros dias de Janeiro começaremos a apresentar as linhas mestras do nosso programa bem como as pessoas que irão presidir aos órgãos sociais do Sporting", completa.

Eleições do Sporting. Ponto de situação

Pedro Madeira Rodrigues é, até este momento, o único nome que se apresentou como candidato para o acto eleitoral. Bruno de Carvalho, o actual presidente, ainda não esclareceu se se recandidata ou não ao cargo.

O nome de João Benedito, antigo guarda-redes de futsal verde e branco, foi já aventado como possibilidade. Paulo Paiva dos Santos chegou a anunciar que seria candidato mas tão depressa avançou como acabou por recuar na intenção.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.