Tempo
|
A+ / A-

Obama pede ajuda a Michelle para a última mensagem de Natal

24 dez, 2016 - 18:14

Presidente norte-americano diz que deixa um país melhor do que aquele que encontrou em 2009. Primeira Dama sublinha que foi um privilégio servir os norte-americanos e lamentou as piadas sem piada do marido.

A+ / A-
Obama pede ajuda a Michelle para a última mensagem de Natal
Obama pede ajuda a Michelle para a última mensagem de Natal

Barack Obama pediu ajuda à mulher Michelle para a última mensagem de Natal do casal presidencial na Casa Branca. Num registo de boa disposição, também houve espaço para falar a sério e para desejar que os Estados Unidos continuem a progredir nos próximos anos inspirados no exemplo de "amor sem limite, compaixão e esperança” do Menino Jesus.

Em jeito de despedida, o Presidente norte-americano disse que a “maior prenda” que ele e a mulher receberam nos últimos oito anos foi ter a “honra de servir” o país.

Barack Obama fez um balanço dos seus dois mandatos na Casa Branca e conclui que deixa os Estados Unidos mais fortes.

“Juntos, lutámos para sair da pior recessão em 80 anos e baixámos o desemprego para um mínimo de nove anos. Garantimos seguro de saúde para mais 20 milhões de americanos e uma nova protecção para as pessoas que já tinham seguro. Tornámos a América mais respeitada em todo o mundo e assumimos o manto de liderança na luta para proteger o planeta para as nossas crianças e muito muito mais. Com todas estas medidas, o nosso país está mais forte e mais próspero do que estava quando aqui chegámos [à Casa Branca]”, salientou.

O Presidente, que passa a pasta a Donald Trump a 20 de Janeiro, tem “esperança” que o país continue a progredir e, em tempo de Natal, lembrou a mensagem de amor e esperança de Jesus Cristo.

“Amanhã [domingo], pela última vez como Primeira Família, vamos juntar-nos aos outros cristãos de todo o mundo para rejubilarmos com o nascimento do nosso Salvador. E enquanto voltamos a contar a história dessa noite santa, também nos vamos lembrar da sua mensagem eterna, de amor sem limite, compaixão e esperança.”

A Primeira Dama disse que foi um “verdadeiro privilégio” celebrar o Natal na Casa Branca, nos últimos oito anos, e brincou com o sentido de humor do Presidente. Michelle revisitou a primeira mensagem de Natal, de 2009, e percebeu que Obama "precisava de toda a ajuda que conseguisse".

“Recebemos mais de meio milhão de convidados, os nossos pasteleiros confeccionaram 200 mil bolos natalícios e o Barack proporcionou aos americanos inúmeras piadas de papá... sem muita piada”, disse Michelle. Obama discordou: "grandas piadas".

O Presidente e a Primeira Dama desejaram boas festas e um feliz 2017 e deixaram uma palavra especial para os militares que servem o país.

“Enquanto ansiamos pelo Ano Novo, vamos renovar o nosso compromisso com os valores que partilhamos. Em nome de todos os Obamas - Michelle, Malia, Sasha, Bo e o arruaceiro do Sunny - Boas Festas para todos”, concluíram os Obamas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • as
    25 dez, 2016 adelaide 03:22
    ... Mais um "camarada" das "politicas" dos "nice guys" falam kuito e bonito mas "no action"... o que se usa dizer - the propaganda of the bullshits... Este Presidente esteve no poder 8 anos e nada fez de relevante, apenas "apanhou" um Nobel por ser o nao branco na casa branca... mas que grande "kagada" ...>>> Depois dizem que os "outros" sao racistas !!!
  • J.
    24 dez, 2016 Lisboa 23:03
    O Presidente Obama vai fazer-nos muita falta. A todos nós. Que Deus nos ajude com o senhor que se segue.
  • Carlos Augusto
    24 dez, 2016 Lisboa 21:23
    Mas o que é que Obama necessitará da esposa para enviar a ultima mensagem de Natal? Será um Presidente incompetente?
  • Mario
    24 dez, 2016 Portugal 20:39
    Todos temos defeitos mas devemos reconhecer que até não foi mau Presidente, houve muito piores que ele. Nem tudo dependia dele mas disse muitas verdades que muitos não gostaram. Merece o seu lugar na História.