Tempo
|
A+ / A-

TAP anuncia seis novas rotas

06 dez, 2016 - 20:58

Transportadora aérea nacional vai começar a voar para Toronto, Las Palmas, Alicante, Estugarda, Bucareste e Budapeste em Junho de 2017.

A+ / A-

A TAP vai começar a voar para Toronto, no Canadá; Las Palmas e Alicante, em Espanha; Estugarda, na Alemanha; Bucareste, na Roménia; e Budapeste, na Hungria; a partir de 10 de Junho, anunciou esta terça-feira o presidente da compahia, Fernando Pinto.

Num encontro com jornalistas, Fernando Pinto anunciou seis das 11 novas rotas que tinham sido avançadas para 2017, sendo cinco com destino à Europa e uma ao Canadá, com o lançamento do destino Toronto, com cinco frequências semanais.

Os novos destinos em Espanha, Las Palmas e Alicante, terão um voo diário, Estugarda contará com dois voos diários, Bucareste com seis frequências semanais e Budapeste com sete frequências por semana.

Em Outubro, Fernando Pinto tinha anunciado o lançamento de 11 novas rotas em 2017, das quais sete são na Europa, três em África e uma na América do Norte.

Num encontro com os trabalhadores, na sede da TAP, em Lisboa, com o objectivo de dar a conhecer os planos para o futuro da transportadora, Fernando Pinto explicou, na altura, que o lançamento das novas rotas faz parte da estratégia de crescimento da transportadora privatizada.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vasco
    08 dez, 2016 Santarém 19:30
    Não compreendo como a TAP não tem uma ligação a Montreal no Canadá onde existe uma enorme comunidade portuguesa, com as cidades de leste esperamos que não seja para trazerem até cá com mais facilidades grupos de assaltantes e mafiosos.

Destaques V+