A+ / A-

​Freguesia de Lisboa declara guerra às beatas dos cigarros

23 nov, 2016 - 19:42

Vinte e quatro cinzeiros de grandes dimensões mil porta-beatas vão ser instalados em Arroios.
A+ / A-

A Junta de Freguesia de Arroios, Lisboa, vai distribuir 24 cinzeiros de grandes dimensões e mil porta-beatas individuais nos espaços públicos da freguesia onde se concentram mais fumadores, para os tentar sensibilizar para as questões ambientais.

"As beatas não são biodegradáveis e, por isso, queremos sensibilizar os fumadores para terem comportamentos responsáveis", disse à agência Lusa a presidente da junta de freguesia de Arroios, a socialista Margarida Martins.

Em causa está um projecto vencedor do Orçamento Participativo de Arroios, proposto por uma moradora e que será concretizado em parceria com a iniciativa nacional Portugal Sem Beatas, visando a distribuição de 24 "cinzeirões" (cinzeiros de grandes dimensões) e de mil porta-beatas.

"Vamos ter isso em locais onde estão muitos fumadores", apontou Margarida Martins, referindo-se a espaços como o Largo do Intendente, o Jardim Constantino, a Rua Passos Manuel, a praça José Fontana (em frente ao liceu Camões) e junto aos mercados 31 de Janeiro, Forno de Tijolo e de Arroios.

O objectivo é que as pessoas utilizem estes equipamentos e depois "descarreguem as beatas nos contentores", explicou a autarca.

Seguidamente, as beatas são recolhidas - de forma selectiva, ou seja, sem se misturarem com o restante lixo - e podem ser reutilizadas.

Quando agregadas a outros materiais, as beatas podem ser utilizadas para infra-estruturas como as passadeiras das praias.

Ao mesmo tempo, a Junta de Arroios vai distribuir panfletos informativos em várias línguas, dada a presença de mais de 70 nacionalidades naquela freguesia, assinalou Margarida Martins, falando num investimento total de 5.000 euros.

A responsável deu ainda conta de que a preponente do projecto, Joana D'Arc Chouriço, também o candidatou ao Orçamento Participativo da Câmara de Lisboa, cujas candidaturas terminaram no domingo. Os resultados serão apresentados em breve.

A iniciativa "O Cinzeirão" será apresentada na sexta-feira, às 11h00, na sede da Junta de Freguesia.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vasco
    24 nov, 2016 Santarém 22:33
    Mais civismo por parte da população de facto precisa-se, é como uma pessoa escarrar para o chão, nas escolas este tipo de comportamento poderia e deveria ser transmitido aos alunos mas civismo e educação estão cada vez mais a ficar alheios dos portugueses e os professores da atualidade também parte deles já não o têm, portanto também já não podem ensinar valores que não lhes foram transmitidos.
  • Coelho
    24 nov, 2016 Arganil 18:52
    É assim mesmo ! O lugar das beatas é nos conventos, já chega das outras .