|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Na Web Summit, o trânsito não será virtual. Os conselhos da PSP

07 nov, 2016 - 14:00

Saiba onde haverá condicionamentos à circulação automóvel.

A+ / A-

Veja também:


A PSP montou um dispositivo de segurança especial que prevê vários condicionamentos à circulação automóvel devido à Web Summit, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, que arranca esta segunda-feira em Lisboa.

A Polícia de Segurança Pública divulgou que até ao final do evento, na quinta-feira, haverá condicionamentos à circulação automóvel nas zonas seguintes:

  • Rua do Bojador;
  • Encerramento à circulação automóvel, entre a Rotunda da Lágrima e a Alameda dos Oceanos;
  • Encerramento da Avenida do Atlântico (zona lateral da FIL);
  • A praça de táxis passará a operar na antiga praça Sony, frente à torre Vasco da Gama;
  • Em toda a zona envolvente do Parque das Nações, existirá um “dispositivo policial de controlo e de desembaraço” de trânsito pronto a intervir quando necessário.

Os conselhos da PSP:

  • Privilegie a utilização de transportes públicos;
  • Se estacionar na via pública, verifique se deixou o veículo de forma a permitir a circulação rodoviária de veículos;
  • Verifique se deixou o veículo trancado e não deixe valores à vista no seu interior;
  • Não ostente ou transporte objectos valiosos, bem como quantias monetárias elevadas;
  • Se transportar mochilas ou malas, mantenha-a sempre fechada e junto à parte frontal do corpo;
  • Acate com total disponibilidade as ordens dos polícias, seja um órgão facilitador da acção policial e não comprometa a sua segurança e a dos outros cidadãos;
  • Se considerar necessária a intervenção da polícia, não hesite em pedir a colaboração da PSP. Ligue 112 e memorize no telemóvel o número de telefone do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, 21 765 42 42, ou digite no seu telemóvel [21 polícia]-
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.