|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Aguiar da Beira. PJ e GNR querem apanhar Pedro Dias. Mas a estratégia é a mesma?

20 out, 2016 - 14:09 • João Carlos Malta

A alegada falta de coordenação das forças de segurança no terreno começa a preocupar o Governo. O homem mais procurado do país está a monte há mais de uma semana.

A+ / A-
Aguiar da Beira. O percurso do criminoso mais procurado de Portugal
Aguiar da Beira. O percurso do criminoso mais procurado de Portugal

O objectivo da PJ e da GNR é óbvio e inequívoco: apanhar Pedro Dias, de 44 anos, suspeito de ter morto a tiro duas pessoas, um dos quais um militar da Guarda Nacional Republicana. Mas a coordenação e estratégia parece começar a preocupar o Governo.

O "Diário de Notícias" dá conta, esta quinta-feira, que a descoordenação das forças policiais envolvidas na "caça" ao suspeito dos homicídios de Aguiar da Beira está a preocupar o Governo. Mais de uma semana depois , o impasse mantém-se, com informações contraditórias a virem a público.

Fontes envolvidas nas buscas disseram ao DN que não tem havido coordenação entre a investigação da Judiciária e a GNR, que tem a sua própria operação em campo e que não têm existido sequer reuniões para definir tácticas operacionais.

Esta semana, em declarações à Renascença, o coordenador da PJ da Guarda José Monteiro defendeu que a investigação do caso não é “uma guerra desenfreada” e que a progressão das polícias tem de ser feita “com cálculo e previsibilidade”. “Tragédia já temos que chegue”, argumentou.

O coordenador da PJ não concorda que a captura do homem seja mais rápida e com menos danos colaterais se ele se sentir acossado. “Se ele estiver quieto, representa um nível de perigo. Mas se a Polícia e a GNR estiverem a fazer perseguições de forma inopinada, sem estratégia concertada, o perigo aumenta porque ele está por tudo. A qualquer momento pode fazer uma coisa pior”, avisava

A PJ quer proteger as populações e esperar que Pedro Dias cometa um erro para o deter, construindo um caso sólido com provas fortes para apresentar em tribunal quando capturar o suspeito.

Também o relações públicas da GNR, o major Marco Cruz, revelou à Renascença a estratégia dos militares no terreno.

“Este indivíduo está desgastado pelo muitos dias de fuga. Mesmo que durma, não dorme em condições normais, e está a ficar psicologicamente mais desgastado. Portanto, é pressionar um bocadinho para ver se há um erro”, explicou Marco Cruz.

O responsável da GNR avança que não acredita “que haja estratégias diferentes porque o que acontece no terreno é concertado com a Polícia Judiciária”. E sublinhou nas mesmas declarações que a PJ e a GNR “têm um objectivo comum que é deter o individuo”. “O trabalho está a ser feito em comum. Não há nenhuma dissonância”, acrescenta.

Segundo o "Diário de Notícias", a ministra da Administração Interna está preocupada. Contactado pelo DN, o gabinete da ministra informou que "diariamente a sra. ministra tem telefonado à PJ para colocar à disposição todos os meios e recursos das polícias sob a sua tutela".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • jose maria
    21 out, 2016 17:07
    Melhor ilemento para gnr como o dias so o palito eu mandava todos gnr para engorda e ficavao so os dois bastava pois so temos seguranssa de cassa a multa e uns copos todo o portugues sabe que sim so o governo nao ve mande essa canbada para casa sem qualquer subsidio e ponha gente militar ispessial so meia duzia xega deixem de parodia soltem metade dos presos e metao esses la dentro
  • antonio maria
    21 out, 2016 16:38
    Melhor ilemento para gnr como o dias so o palito eu mandava todos gnr para engorda e ficavao so os dois bastava
  • FERNANDO SILVA
    20 out, 2016 BRAGA 22:19
    NOTE SE FOSSE SO UM CIDADAO MORTO NAO FAZIAM ESTA TRISTE CENA COMO FORAM GNR HA QUE MOSTRAR ESTE ARRAIL TODO EM VAO
  • Que tal o exército?
    20 out, 2016 lisboa 19:05
    Mas afinal o estado gasta milhoes com as forças armadas para quê? Só para servir a NATO? Porque não mandam patrulhar as matas e aldeias com o exército?
  • Estou desalinhado
    20 out, 2016 Lisboa 17:30
    Diz a notícia que "Segundo o "Diário de Notícias", a ministra da Administração Interna está preocupada. Contactado pelo DN, o gabinete da ministra informou que "diariamente a sra. ministra tem telefonado à PJ para colocar à disposição todos os meios e recursos das polícias sob a sua tutela". A minha dúvida é esta: não é a Sr.ª Ministra da Justiça que tutela a PJ? A GNR e PSP não são tuteladas pela Srª Ministra da Administração Interna? Não tarda que o Ministro das Finanças telefone a esta gente toda a perguntar quanto é que estão a gastar pois ele tem de gerir o dinheiro para esta situação toda ...
  • Victor Pinto
    20 out, 2016 Brasil 17:05
    Mas que grande baile. Se fosse terrorista da EI já tinha feito tudo o que queria e muito estrago.
  • Jorge Rosa
    20 out, 2016 São Bartolomeu dos Galegos - Lourinhã 17:04
    Quando são muitos a mandar, nunca dá resultado. Um manda na GNR, vem a PJ já manda em tudo, não pode ser assim.
  • Dr Xico
    20 out, 2016 Lisboa 17:00
    SOLTEM O PALITO ou lancem-lhe o galo algum o ade cobrir
  • beirão
    20 out, 2016 lisboa 16:55
    O caso de Pedro Dias dá que pensar : Que se trata de um homem que cometeu vários crimes, não restam dúvidas : Mas as causas são muitas e algumas delas parecem muito duvidosas quanto aos culpados ! Segundo consta, trata-se de uma pessoa que nunca tinha dado que falar, seria portanto uma pessoa bastante normal, trabalhador e com hábitos normais e honestos ! Fala-se que se dedicava, com alma e coração, à criação de cavalos ......... que gostaria muito animais ....!!! E dizem que a GNR , em cumprimento de uma lei qualquer , lhe teria matado alguns cavalos !!! Depois disso, que se teria revoltado ao ponto de viver obsecado por um sentimento de vingança tão profundamente, que o teria levado a tornar-se no criminoso que é !!! Agora, se tudo isto for a verdade, será caso para, paralelamente, se pensar e perguntarmos a quem de direito : Não haverá nisto mais alguns culpados ? Não haverá outros, possivelmente bem refastelados em bons sofás, felizes e saboreando as notícias desta tragédia ?????
  • Mário Rui Mendes
    20 out, 2016 Gondomar 16:35
    Em consequência da tragédia , cuja qual, a totalidade da população de Arouca. .. , não lamenta querendo até desculpabilizar o ASSASSINO COBARDE, no meu entender ou leitura...! Enfim... é lamentável e triste para quem deixou de respirar, comer e dormir. .. pela mão deste ASSASSINO COBARDE E RETRONADO...! Quero salientar a má coordenação das nossas polícias e falta de profissionalismo e capacidade de meter em prática a investigação e a busca... acabando cair dia após dia em saco roto. Quem se deve estar a divertir e a festejar ao calor da lareira, com os seus cúmplices que o têm apoiado e protegido ... ajudado nas fugas constantes e fáceis de realizar. Uma autêntica palhaçada que se expõe para o Mundo . Ficar estupefacto com a má qualidade das nodssas forças de segurança. ..! Lamento pelo nosso ex primeiro ministro e atual presidente da ONU . sr . Eng. Guterres. Felicito o silêncio da ministra e a sua incompetência para meter as suas tropas a fazer na perfeição aquilo , oara que são pagos , incluindo a mesma. Sem mais nada digno de registo. Subscrevo. Vou divertir-me mais uns dias com o CM TV... com a má gestão das buscas e aa derrota das nossas autoridades dia após dia. ..! Obrigado por me terem dado voz ao meu comentário.