Tempo
|
A+ / A-

Novo imposto imobiliário é "múltipla tributação"

15 set, 2016 - 12:01

Fiscalista Tiago Caiado Guerreiro define este novo imposto como "uma injustiça" e pergunta se os partidos também vão pagá-lo.

A+ / A-

O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro defende que a tributação ao património imobiliário que o Governo, com o apoio do Bloco de Esquerda, quer impor é uma caso de “múltipla tributação”.

Em declarações à Renascença, sustenta que este novo imposto, aplicado sobre o património global, é "uma injustiça" e diz que resta saber se os partidos também vão pagar este novo imposto.

“Como é que partidos que não pagam IMI e provavelmente serão isentos deste imposto, [podem propô-lo]? Não se percebe”, critica o fiscalista.

A mesma fonte define este caso como sendo de “múltipla tributação” e que terá o perigo de travar única área da economia que prospera.

“O investimento não existe, as exportações estão a decrescer, e a única coisa que cresce vai ser atacada porque as contas públicas não estão controladas”, argumenta.

Tiago Caiado Guerreiro diz que ainda falta saber mais pormenores sobre este novo imposto que podem ser decisivos para os proprietários.

“A dúvida é se isto se aplicará só a soma de imóveis que dê 500 mil euros ou também a imóveis cujo valor matricial [dado pelas Finanças] seja 500 mil euros. O rendimento de muitos imóveis é muito baixo, e em Portugal já temos muitos impostos sobre o património”, remata.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • VICTOR MARQUES
    15 set, 2016 Matosinhos 15:46
    Avante cambada, avante !!!...
  • radar
    15 set, 2016 Porto 15:24
    É a economia à comunista.... Já sabemos onde vi dar... Angola , Coreia do Norte , Venezuela Cuba ... etc Um punhado de privilegiados que não pagam nada e o resto a sustenta-los.
  • JCS
    15 set, 2016 Lisboa 14:18
    O único comentário a fazer: isto é vergonhoso. Toca a penalizar ainda mais as pessoas honestas. Quem votou nestas bestas deve estar muito contente...
  • André
    15 set, 2016 LIsboa 14:16
    Estranho de ler algo dito pelo Dr. Tiago Caiado Guerreiro que apoiou abertamente a sobretaxa a cidadãos que tivessem mais de 1 milhão de euros em seu nome. Essa taxa era uma excelente medida, de acordo com o fiscalista, que não afectava ninguém. Agora que essa medida acabou, surge uma para a substituir, já é uma "dupla tributação". Oh Dr. como fiscalista pensei que sabia o que quer dizer Valor patrimonial... pela sua última questão, denoto que não sabe o que isso quer dizer... ou descobriu que meteu a pata na argola e tentou emendar a resposta deixando no ar que não sabe o que significa Valor Patrimonial. Oh Dr. quando em Agosto de 2015 deu uma entrevista a uma televisão a garantir que o estado iria devolver 100% da sobretaxa do IRS, quanto é que lhe pagaram para nunca admitir que MENTIU aos espectadores?
  • solomon
    15 set, 2016 sagres 14:14
    Cuidado que este tótó anda à procura de poleiro no PPD ou CDS.
  • TUGA
    15 set, 2016 LISBOA 13:53
    SINDICATOS, PARTIDOS, INSTITUTOS, FUNDAÇÕES PAGAM IMPOSTO??? ...CLARO QUE NÃO.....É SÓ GAMAR, MAIS GAMAR IMPOSTOS, TAXAS, TAXINHAS E IM POSTOS SOBRE IMPOOSTOS!!! PORRA!!!!! NINGUÉM AGUANTA!!!..... VÃO ÀS PPP´S PRENDAM QUEM FEZ AQUELES NEGÓCIOS RUINOSOS, ARRESTEM OS BENS DE QUEM FEZ A CRISE BANQUEIROS ETC. ACABEM COM AS PENSÕES VITALÍCIAS DA POLITICADA, REDUZAM O NUMERO DE DEPUTADOS E RESPECTIVAS REGALIAS, ACABEM COM FUNDAÇÕES E INSTITUTOS QUE NÃO SERVEM PARA NADA!!! DEIXEM AS PESSOAS SOSSEGADAS, VOCÊS ESTÃO A DESTRUIR O POUCO QUE AINDA EXISTE!!! VÃO AOS SUBURBIOS MILHARES E MILHARES DE PARASITAS A MAMAREM DA SEGURANÇA SOCIAL!!!! DEIXEM O POVO RESPIRAR, SALTEADORES!!!!
  • Rodolfo
    15 set, 2016 Lisboa 13:35
    Só há um apalavra para isto: ladrões
  • antonio
    15 set, 2016 portugal 13:16
    Portugal a empobrecer a pouco e pouco com esta desgovernação. Para quê lutar por uma vida melhor se depois o estado tira tudo?
  • Manuel Guedes
    15 set, 2016 Porto 13:11
    Como hoje já ouvi num fórum ,querem matar a galinha dos 'ovos de ouro' ,sem investimento de quem tem dinheiro este será cada vez mais um país dos subsidio-dependentes estigmatizados (ou não) quando todos os meses se juntam nos CTT a discutir misérias comuns.