|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Central nuclear de Almaraz. “A única solução é fechar"

31 ago, 2016 - 13:06

Carlos Pimenta aponta falhas desde o início da entrada em funcionamento da instalação.

A+ / A-

Veja também:


A solução para a central nuclear espanhola de Almaraz, junto à fronteira com Portugal, é o encerramento, defende o antigo secretário de Estado do Ambiente Carlos Pimenta.

Esta quarta-feira, na Universidade de Verão do PSD, Carlos Pimenta explicou que aquela central não é segura desde a sua criação.

“É uma coisa que já foi mal feita e tem erros de fabrico”, afirmou, destacando que a instalação só funciona em 30% do tempo. “O resto está fechado com várias avarias”.

Além disso, acrescentou, “não é segura nem pela tecnologia usada, nem pelos impactos com o ambiente próximo. E o sistema de arrefecimento da baía de retenção em relação ao Tejo não é estanque”.

Na opinião de Carlos Pimenta, o fecho da central só traz um problema: o seu desmantelamento, um processo que “demora mais do que a nossa vida – dezenas e dezenas de anos”.

O antigo secretário de Estado social-democrata concluiu a sua palestra em Castelo de Vide afirmando que o fecho da central nuclear de Almaraz é uma batalha em que Portugal se deve envolver.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • RC Victor
    31 ago, 2016 Lx 20:34
    O Pimentinha é um obcecado anti nuclear sempre a pensar no seu lobby das eólicas que fazem com que tenhamos que pagar o kW mais caro da Europa para pagar a este Sr. e aos amigos através das conhecidas rendas da energia. Eólicas essas que depois injectam energia a 0€ o kW na rede espanhola durante a noite.
  • António Pais
    31 ago, 2016 Lisboa 14:02
    Este equipamento tem tido problemas constantemente... Várias forças políticas alertaram desde há muito tempo. O PNR tb fez uma manifestação a alertar para o problema. Mas a comunicação social só faz notícia quando a Cassete Caty espirra ou lá vai algum ilustre.