Tempo
|
A+ / A-

Papa “profundamente triste” cancela catequese para falar às vítimas do sismo

24 ago, 2016 - 09:37 • Redacção com Ecclesia

Centro de Itália foi atingido por um forte sismo esta quarta-feira de madrugada. O cenário é de devastação e há várias pessoas debaixo dos escombros.

A+ / A-
Papa “profundamente triste” cancela catequese para falar às vítimas
Papa “profundamente triste” cancela catequese para falar às vítimas

Veja também:


O Papa expressou, esta quarta-feira de manhã, solidariedade e carinho às vítimas do sismo que abalou o centro de Itália.

Francisco cancelou o discurso que tinha preparado para a habitual audiência das quartas-feiras para o substituir por um momento de oração com os fiéis presentes na Praça de São Pedro, no Vaticano.

“Perante a notícia do terramoto que atingiu o centro da Itália, devastando regiões inteiras e deixando mortos e feridos, não posso deixar de exprimir a minha grande dor e a minha proximidade a todas as pessoas presentes nos lugares atingidos pelos abalos, a todas as pessoas que perderam os seus entes queridos e aos que ainda se sentem abaladas pelo medo e pelo terror”, afirmou.

O Papa dedicou a oração “a todos quantos perderam as suas casas e a todos os que ainda se sentem assustados pelo medo e pelo terror”.

“Ouvir o presidente da Câmara de Amatrice dizer que a cidade já não existe e ouvi-lo dizer que existem crianças entre as vítimas deixa-me profundamente triste”, afirmou.

O Papa dirigiu-se a às populações de Accumoli, Amatrice, nas dioceses de Rieti, Ascoli Piceno e nas regiões do Lácio, da Umbria e das Marcas, para lhes assegurar a sua oração por elas.

“Estou certo da carícia e do abraço de toda a Igreja, que neste momento deseja envolver-vos com o seu amor materno, também com o nosso abraço, aqui, na Praça”, prosseguiu.

Francisco quis agradecer ainda a todos os voluntários e membros da Proteção Civil que estão a socorrer estas populações.

“Peço-vos que vos unais a mim na oração, para que o Senhor Jesus, que se comoveu sempre diante da dor humana, console estes corações entristecidos e lhes dê o dom da paz, pela intercessão da Bem-aventurada Virgem Maria. Deixemo-nos comover com Jesus”, concluiu, antes de dar início à recitação do terço.

O momento de oração prolongou-se durante mais de 20 minutos.

O Papa recorreu também à rede social Twitter para deixar uma mensagem de condolências: “Exprimo a minha grande dor e a minha proximidade a todas as pessoas presentes nos lugares atingidos pelo terramoto”.

A Conferência Episcopal Italiana anunciou, em comunicado enviado à Agência Ecclesia, que vai enviar um milhão de euros, como primeira ajuda de emergência para as regiões atingidas, e promover uma coleta nacional nas comunidades católicas do país a 18 de Setembro.

Em 2009, um violento terramoto atingiu a cidade de Aquila e causou 309 mortos.

Faça zoom no mapa para ver a localização das cidades mais afectadas

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vera
    25 ago, 2016 Palmela 10:57
    Eu ontem não quis ver, também fiquei chocada! muito triste! Hoje já senti necessidade de dizer qualquer coisa, não sei muito bem o quê! estas situações afligem-me de uma maneira, que só eu sei!!! mas não posso ficar alheia... então cá estou eu, com as lágrimas a saltarem-me e o coração acelerado! Peço a Deus, que esteja lá, a indicar aos bombeiros, onde devem encontrar vidas que ainda se podem salvar.