Tempo
|
A+ / A-

Papa. “A Igreja não precisa de burocratas” mas de “missionários apaixonados"

14 ago, 2016 - 12:18

Francisco dedicou a oração do Angelus aos “numerosos sacerdotes e religiosos que se dedicam ao anúncio do Evangelho com grande amor” e que por vezes colocam a sua vida em risco.

A+ / A-
Papa. "Igreja não precisa de burocratas"
Papa. "Igreja não precisa de burocratas"

O Papa Francisco lembrou este domingo os sacerdotes e religiosos que arriscam a vida ou que são mortos ao serviço da Igreja.

“Penso com admiração nos numerosos sacerdotes e religiosos que, em todo o mundo, se dedicam ao anúncio do Evangelho com grande amor e fidelidade, tantas vezes à custa da sua vida”, afirmou durante a oração do Angelus, na Praça de São Pedro.

Francisco considera-os um exemplo e salientou que “a Igreja não precisa de burocratas nem de diligentes funcionários, mas de missionários apaixonados, devorados pelo ardor de levar a todos a palavra consoladora de Jesus e a sua graça regeneradora”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José
    14 ago, 2016 Faro 17:04
    Eu:“A política nacional não precisa de burocratas” mas de “políticos apaixonados" (leia-se por amor à arte..)
  • CRISTÃO
    14 ago, 2016 coimbra 16:22
    AMO ESTE PAPA. Simplesmente sou CRISTÃO. Não adianta dizer o que CRISTO foi e continua a ser. Religiões e seitas para mim não têm significado algum, NADA. Contudo, houve e com certeza vai haver HOMENS e MULHERES que são os "ENVIADOS" pelo CRIADOR, o DEUS, para só praticarem o bem. FRANCISCO DE ASSIS, é esse grande exemplo. Depois de CRISTO, Francisco de Assis é o meu SANTO. Creio que este PAPA vai ser um MÁRTIR. Creio que este PAPA não vai andar nesta vida muito tempo, porque eu acredito em algo para lá desta vida. Sou baptizado na Igreja Católica; fui praticante, casei e batizei meus filhos na I.Católica; frequentei Curso Bíblico dado por um Franciscano e por cerca dos meus 50 anos de idade, afastei-me da Igreja, mas não de CRISTO, por estar cansado de assistir a tanta hipocrisia e oportunismo. Este PAPA, não pode ter muitos amigos poderosos à sua volta, tal como o não teve CRISTO, razão porque foi CRUXIFICADO e este PAPA o que lhe virá a acontecer? Este PAPA, quanto a mim, só deveria comer, depois de um escolhido aleatoriamente provar da sua comida. Sou desconfiado! Com 73 anos já vi muita maldade.
  • Álvaro de Jesus
    14 ago, 2016 Porto 14:47
    Amado Irmão Francisco... Cure, ou ajude a curar, as 15 doenças da Cúria, e não se esqueça do analfabetismo espiritual. Depois... Sim... Fale em Missionários, mas... Missionários da Verdade... Compreendeu?