A+ / A-

Caixa passa de lucros a prejuízos no primeiro semestre

10 ago, 2016 - 20:40

Banco público queixa-se da “elevada volatilidade sentida nos mercados financeiros internacionais”.
A+ / A-

A Caixa Geral de Depósitos teve prejuízos de 205,2 milhões de euros no primeiro semestre, o que compara com o lucro de 47,1 milhões de euros tido no mesmo período do ano passado, segundo os resultados comunicados ao mercado.

O produto bancário teve uma queda de 34,6% para 754,7 milhões de euros, com o banco público a justificar com os 47,4 milhões de euros negativos nos resultados de operações financeiras, "influenciados pela elevada volatilidade sentida nos mercados financeiros internacionais, incluindo a dívida pública, associada ao referendo do Reino Unido sobre a permanência na União Europeia", refere o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No primeiro semestre do ano passado, a CGD tinha registado mais de 300 milhões de euros positivos em resultados de operações financeiras com o melhor desempenho no mercado de títulos de dívida pública portuguesa, num contexto de descida acentuada das taxas de juro.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • paulo
    11 ago, 2016 vfxira 17:43
    Não será melhor meter mais uma dezena de "administradores" e aumentarem-lhes os vencimentos?
  • Abilio
    11 ago, 2016 12:20
    Ora aí está o que se previa. Agora chamem-lhe volatilidade começam os primeiros sintomas das reversôes, só tinha que dar nisto,mas ainda a procissao vai no adro.Estranho em apenas 6 meses passar de lucro a prejuizo, há bem pouco tempo um eluminado comentador na sic noticias dizia que a banca era demasiado importante para estar nas maos de privados, e no publico? funciona bem? passem bem.