A+ / A-

Governo envia mais duas equipas para combater fogos na Madeira

09 ago, 2016 - 23:27

Depois de um primeiro destacamento de 36 pessoas, vão partir para o Funchal mais 74 elementos para ajudar a lutar contra as chamas.
A+ / A-

Mais duas equipas de combate aos incêndios na Madeira partem de Lisboa nas próximas horas para se juntarem aos operacionais que seguiram esta noite, totalizando 110 elementos, disse à agência Lusa fonte do gabinete do primeiro-ministro.

Por volta das 22h30 desta terça-feira , saiu de Lisboa a primeira equipa de 36 profissionais, composta por bombeiros, elementos da Força Especial Bombeiros (FEB) da Autoridade Nacional de Protecção Civil, elementos do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro da GNR (GIPS) e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Segundo fonte do gabinete do primeiro-ministro, durante a madrugada de quarta-feira vão partir de Lisboa mais dois aviões da Força Aérea com um total de 74 elementos.

O Governo mobilizou elementos do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, fazendo ainda parte das equipas outros bombeiros voluntários e profissionais, assim como médicos, enfermeiros e psicólogos do INEM.

Além dos 74 homens que partem esta madrugada, vai seguir também equipamento de ajuda ao combate.

O vento forte e as elevadas temperaturas fizeram com que o fogo que lavra nas zonas altas do concelho do Funchal desde a tarde de segunda-feira descesse até ao centro da cidade, provocando caos e pânico entre a população e incêndios em dezenas de casas da zona histórica, que desalojaram centenas de pessoas.

O trânsito está esta noite caótico, com muitos congestionamentos na baixa do Funchal, tendo a Polícia de Segurança Pública (PSP) encerrado as entradas da cidade.

A Lusa constatou no local que é muito difícil respirar, devido ao tempo quente e ao denso fumo, com as pessoas a usarem máscaras. Têm sido audíveis várias explosões, depois de a situação se ter agravado ao final da tarde.


legislativas 2019 promosite
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • rosinda
    10 ago, 2016 palmela 02:15
    o sol azul voltara !
  • rosinda
    10 ago, 2016 palmela 01:48
    o povo da madeira tem sido um povo fustigado com cheias agora arde!
  • rosinda
    10 ago, 2016 palmela 01:44
    menina teresa! e uma tristeza ver que as chamas chegaram a cidade do funchal!Sera que portugal nao esta a precisar de um donald trump pra castigar quem faz mal!
  • Aguiar
    10 ago, 2016 Santa Maria Maior 01:05
    Apoio necessário e útil. Pena não ser mais cedo. Desta vez é uma autêntica catástrofe.