A+ / A-

Caixa. Centeno reafirma que há desvio de 3 mil milhões

29 jul, 2016 - 19:42

Governante esteve esta sexta-feira na comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos.
A+ / A-

O ministro das Finanças, Mário Centeno, reafirma que há um desvio de três mil milhões de euros na Caixa Geral de Depósitos.

Ouvido esta sexta-feira na comissão parlamentar de inquérito, Mário Centeno tentou explicar a referência que fez noutra audição, também no Parlamento, no início do mês.

“Por análise da diferença entre o resultado operacional previsto inicialmente e o esperado para o final do plano de reestruturação em 2017 a perspectiva é que essa diferença atinja cerca de três mil milhões de euros. Foi a este desvio que me referi. É uma diferença entre um plano e a sua execução e é assim que deve ser entendido e interpretado”, disse.

O CDS acusou Centeno de ter contribuído com estas declarações para o ruído em torno da Caixa Geral de Depósitos, que o Governo garante não querer alimentar.

“É muito irresponsável dizer que o desvio é em relação à execução porque a execução apurada até ao momento é, na melhor das hipóteses, ao primeiro trimestre de 2016 e o senhor [Mário Centeno] fez logo as contas aumentando o número, realisticamente ou não, no fim, em 2017 veremos. Peço-lhe desculpa mas um desvio, em linguagem de gente normal, é um buraco de três mil milhões na Caixa Geral de Depósitos”, refere João Almeida.

Estas palavras de Mário Centeno não caíram bem ao presidente do banco público, José de Matos, que foi ouvido também esta semana na mesma comissão.

Na sua intervenção inicial, o ministro das Finanças voltou a sublinhar que a Caixa é um banco de confiança, que importa salvaguardar.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mafurra
    02 ago, 2016 Lisboa 09:20
    E haverá ainda alguém neste país que não acredite que possa ter havido um "desvio" de cerca de 3000 milhões ? Era SÓ mais um...
  • José
    30 jul, 2016 Portimão 12:07
    SENHOR CENTENO. SERÁ DESVIU?? OU SERÁ QUE ANDA POR ESTA NOSSA GALÁXIA, ALGUM BURACO NEGRO, QUE SUGA MILHÕES, ATRAS DE MILHÕES, E COMO É NEGRO, E INVISIVEL, NUNCA NINGUÉM, OS IRÁ DESCOBRIR. PENSO QUE ESTE DEVE SER UM CASO, QUE A NASA DEVERÁ INVESTIGAR.
  • Luis
    30 jul, 2016 Lisboa 10:13
    Lindo de ver foi o boneco de barro do CDS (João de Almeida) com aquele seu ar arrebatado de menino queque com toda aquela esperteza saloia made in Quinta da Marinha. O boneco de barro já tem os tiques do seu grande guru o Portas ex Feirante. O PSD entregue a imbecis parasitas e o CDS entregue a betinhos que nunca fizeram nada na vida nem sabem fazer nada. Uma direita bem entregue daí o resultado das sondagens.