Tempo
|
A+ / A-

Portugueses no Reino Unido devem tentar obter autorização de residência permanente

23 jun, 2016 - 07:10

O secretário de Estado das Comunidades acredita que o Reino Unido vai votar para ficar na União Europeia, mas aconselha os portugueses que trabalham há mais de cinco anos no país a acautelarem-se.

A+ / A-

Os portugueses no Reino Unido devem acautelar os seus direitos e requisitar a autorização de residência permanente no país, independentemente do resultado do referendo desta quinta-feira sobre a permanência ou saída da União Europeia.

O conselho é dado pelo Governo português e dirige-se a todos os portugueses com mais de cinco anos de trabalho no Reino Unido.

“Os portugueses que há mais de cinco anos desenvolvem a sua actividade profissional no Reino Unido devem procurar obter o estatuto de residente permanente”, explica José Luís Carneiro, o secretário de Estado das Comunidades.

O secretário de Estado acredita, porém, que o referendo vai ser favorável à permanência. “Estamos convictos de que a manutenção do Reino Unido na União Europeia vai vencer. É isso que desejamos, porque uma decisão em sentido contrário teria um profundo impacto.”

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+