Tempo
|
A+ / A-

Jerónimo prefere estilo de Marcelo. Cavaco tinha discursos "ameaçadores" e "de crispação"

25 abr, 2016 - 18:45

Milhares de pessoas participaram no tradicional desfile pela Avenida da Liberdade, em Lisboa.

A+ / A-

Uma janela de esperança que se abre com o novo ciclo político foi como os líderes do PCP e do BE descreveram as comemorações do 25 de Abril, no início do desfile que reúne milhares de pessoas em Lisboa.

Vários milhares de pessoas desceram a Avenida da Liberdade no dia em que se assinalam os 42 da revolução de Abril, a primeira comemoração depois de quase cinco anos de governação PSD-CDS.

Em declarações aos jornalistas, o secretário-geral do partido comunista, Jerónimo de Sousa, admitiu que a data de hoje tem outra importância política, agora que o país tem um governo socialista apoiado pela esquerda parlamentar.

Na opinião de Jerónimo de Sousa, há "uma janela de esperança" que se abre, depois de muitos anos de austeridade que deixou os portugueses a viver "com muitas dificuldades".

Questionado sobre se o Presidente da República poderá colaborar nesta mudança, Jerónimo de Sousa disse que ainda é cedo para fazer essa avaliação, mas frisou que Marcelo de Rebelo de Sousa é, sem dúvida, diferente do anterior Presidente, Cavaco Silva, cujos discursos eram "de crispação".

Também a líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, concordou que o país vive um tempo de mudança política.

Na Avenida da Liberdade, o desfile fez-se lentamente com milhares de cidadãos que não quiseram deixar de assinalar esta data da história do país, que marca a transição para a democracia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • O nosso SALAZAR!!!
    26 abr, 2016 Santa-Comba-dao 19:34
    Viva o nosso querido Salazar!!!
  • NOS
    26 abr, 2016 01:10
    Ponte SALAZAR sempre!
  • João Silva
    25 abr, 2016 Lisboa 23:44
    Também vivi no tempo do Sr. Oliveira Salazar, e por isso mesmo, neste tempo, sorrio mas não rio, quando as palavras (coitadas elas não têm culpa) são desenhadas no sentido de se tentar despertar os Srs Defuntos de Outrora. Sorrio, mas não rio, porque tenho pena de tais mentes, pois continuam acorrentadas a passados hirtos, vazios de ideais e de civilização, incapazes de se aventurarem pelos novos tempos, tempos de mudanças ( boas e menos boas) onde é necessária a coragem para caminhar pelos futuros que se aproximam. É certo que para existirem Futuros, tiveram que existir Passados, mas deixemo-los a dormitar nos Museus e afins, não esquecendo de tempos a tempos de visitá-los, para no Futuro não repetirmos as "burrices" que fizemos no passado.
  • Serrano
    25 abr, 2016 Guarda 23:04
    Tem piada ouvir o Jerónimo falar de discursos "ameaçadores" e de "crispação. Estes senhores comunistas já esqueceram as cassetes de Cunhal e dos seus seguidores estalinistas. O próprio Jerónimo é exímio nas tais crispações e devia ver a sua cara no espelho quando discursa.
  • VIVA SALAZAR!
    25 abr, 2016 lisboa 22:22
    Milhares de asnos! Viva Salazar!
  • Anónimo
    25 abr, 2016 lisboa 21:25
    Queres vêr que o jeronimo agora também é PSD?....