|
A+ / A-

Terrorista recusa extradição para França e estará a cooperar com polícia belga

19 mar, 2016 - 13:54

Abdeslam é suspeito de ter conduzido os terroristas que atacaram Paris em Novembro de 2015 até ao local do crime e de possivelmente ter estado directamente envolvido na matança de algumas das 130 vítimas.

A+ / A-

O advogado de Salé Abdeslam, o presumível mentor dos atentados de Paris que fizeram 130 mortos, está a cooperar com a polícia, diz o seu advogado, citado pela agência Reuters.

O advogado assegura que o seu cliente vai recusar ser extraditado para França.

As autoridades francesas esperam que o suspeito, capturado na sexta-feira numa operação conjunta entre Bélgica e França, responda pelas suas acções perante os tribunais franceses.

O suspeito foi capturado nos arredores de Bruxelas e durante a operação policial, ficou ferido na perna, tendo sido levado para o hospital da capital belga. Este sábado, porém, já terá sido transferido para uma prisão de alta segurança.

Abdeslam é suspeito de cumplicidade, por ter conduzido os terroristas que atacaram Paris em Novembro de 2015 até ao local do crime e de possivelmente ter estado directamente envolvido na matança de algumas das 130 vítimas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • David Pevide
    19 mar, 2016 lisboa 18:50
    Parece o Mario Machado.
  • fanã
    19 mar, 2016 aveiro 18:24
    Pelos vistos é a justiça Belga que está a colaborar com este assassino e não o contrario. Tantas vitimas e ainda se dá ao luxo de impor condições ?????................ mas em que Mundo vivo eu ?????..............
  • António Costa
    19 mar, 2016 Cacém 17:41
    Os militantes islâmicos têm de interiorizar que o seu maior amigo pode ser um traidor. Que os seus inimigos estão a ser informados de todos os seus passos. Salé Abdeslam para ser preso, foi evidentemente traído. Evidentemente as lutas internas apenas levaram a que os grupos radicais estejam infiltrados por membros de outros grupos ou por membros de forças da "contra espionagem" de países aliados dos EUA.
  • Rudim
    19 mar, 2016 Lisboa 16:58
    Ainda tem direito a advogado??? Chamem mas é o Trump.
  • Manuel
    19 mar, 2016 Lisboa 16:11
    Recusou' mas recusa com que lei e direitos'
  • Carlos Costa
    19 mar, 2016 Santarem 14:23
    Enforquem-no em praça pública,para que sirva de exemplo!!!!