A+ / A-

Passos. Marcelo “não terá Presidência simples”, mas conta com o PSD

09 mar, 2016 - 10:05

Líder do PSD aproveitou para dirigir ao futuro Presidente da República "uma saudação muito amiga e muito especial" e "desejar que o seu mandato seja auspicioso para os portugueses".
A+ / A-

Veja também:


Pedro Passos Coelho anteviu que Marcelo Rebelo de Sousa "não terá uma Presidência da República simples", mas contará "com toda a disponibilidade dos portugueses e do PSD", desejando um mandato "auspicioso para os portugueses".

À entrada para a tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa, que decorre esta quarta-feira no parlamento, Passos Coelho falou aos jornalistas, começando por enaltecer o "elevado sentido de Estado" de Cavaco Silva, a quem o país "ficará a dever muito" pela forma "como serviu os países e os portugueses e não se serviu do seu lugar".

"Os tempos em que vivemos não são tempos fáceis. [Marcelo Rebelo de Sousa] Não terá uma Presidência simples, com certeza, mas contará, tenho a convicção, com toda a disponibilidade dos portugueses e do PSD seguramente para que o seu mandato possa significar, para todo o país, um exercício elevado de política, com sentido de Estado, com muita responsabilidade", afirmou.

O líder do PSD aproveitou para dirigir ao futuro Presidente da República "uma saudação muito amiga e muito especial" e "desejar que o seu mandato seja auspicioso para os portugueses".

Na opinião do ex-primeiro-ministro todos os Presidentes da República devem "dar esse exemplo a todos os outros de diálogo, de esforço pelo país", considerando que "o país bem precisa, nos tempos mais próximos, de ter políticos que possam dedicar-se à sua causa".

Sobre Cavaco Silva, Passos Coelho destacou ainda que foi um "homem com elevado sentido de Estado, com uma influência muito grande apesar de discreta em todo o tempo de governação que veio desde 2005 até hoje".

"Tenho a certeza que o país lhe ficará a dever muito, quer na maneira como exerceu o seu mandato, quer sobretudo na forma como serviu os países e os portugueses e não se serviu do seu lugar", sublinhou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • fanã
    10 mar, 2016 aveiro 16:25
    Sera mas é...........................O PSD conta com Marcelo !!!!!!!
  • Alberto Martins
    09 mar, 2016 Lisboa 12:51
    Para bom entendedor meia palavra basta... "O Presidente tem sempre de enfrentar desafios, mas AGORA temos o homem certo no local certo", afirmou Juncker, esta terça-feira, no final de um encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, em Lisboa."
  • Maria Mercês
    09 mar, 2016 Santarém 11:51
    Espero que este dia seja para recordar pela positiva. O anterior Presidente , Prof. Aníbal Cavaco Silva, embora não agradasse a todos, fez um trabalho correcto e soube nas devidas alturas zelar por Portugal. Tanto como Primeiro Ministro , como Presidente. Desejo-lhe as maiores felicidades. Quanto ao Prof. Marcelo, agora nosso Presidente, confio que vai saber ser imparcial e agir de acordo com as sua funções da forma mais adequada a actual situação que vivemos. Pode ser que agora, haja um pouco mais de "respeito" e que o actual governo não continue a destruir o que de bom estava a ser feito. Acredito que com o controle externo e um Presidente atento, o Pais vai conseguir honrar as suas obrigações. Quem não cumpre nas suas casas e em particular com os compromissos, não é gente credível.
  • Paulo
    09 mar, 2016 vfxira 11:45
    Este "personagem" não se convence que o povo nunca mais o quer.
  • Manuel Cunha
    09 mar, 2016 Caldas da Rainha 11:19
    FDP, não o apoiás-te e agora desejas-lhe o maior sucesso! Puses-te este país a pão e água FDP. Só espero que nunca mais venhas a ser nada....
  • pinto
    09 mar, 2016 antónio 11:06
    Com o devido (respeito), já é hora de se por fim a estas intervenções diárias e permanentes, pois o que este senhor diz "agora", amanhã afirma o seu contrário. Haja paciência, só que ela se vai...,esgotando. Um abraço.
  • Alberto Martins
    09 mar, 2016 Lisboa 10:58
    Se é o PSD de passos e BigMac...o melhor é Marcelo dispensar esse apoio...
  • Zé Povinho
    09 mar, 2016 Lisboa 10:48
    Sr. Passos Coelho: Marcelo é um Social(ista) Democrata...tal como Sá carneiro! Veja se aprende alguma coisa com ele, pois o radicalismo dos últimos anos a que o PSD se identificou, não lhe dá popularidade e nem desejo que continue!
  • apolinário
    09 mar, 2016 lisboa 10:39
    Continua o mesmo farsolas de sempre. Agora já conta com o PSD. É caso para dizer: Procura-se novo padrinho.
  • V Pereira
    09 mar, 2016 Portugal 10:38
    Fiquei sem saber se este artista apareceu na cerimónia de posse de Marcelo como ex-1º ministro ou atual ministro no exílio.