Tempo
|
A+ / A-

Papa pede “exame de consciência” pela forma como se trataram os indígenas

15 fev, 2016 - 18:45 • Aura Miguel , no México, e Filipe d'Avillez

Os jovens das comunidades indígenas do México foram convidados por Francisco a manter a sabedoria dos seus antepassados para combater uma “cultura do descarte”.

A+ / A-
Papa pede “exame de consciência” pela forma como se trataram os indígenas
Papa pede “exame de consciência” pela forma como se trataram os indígenas

O Papa Francisco apelou esta segunda-feira a um pedido de perdão aos indígenas do México pela forma como foram maltratados ao longo dos séculos.

Numa missa celebrada especialmente para as comunidades indígenas, em San Cristóbal de Las Casas, no Estado de Chiapas, Francisco disse que falta fazer um exame de consciência nesta situação.

“Muitas vezes, de forma sistemática e estrutural, os vossos povos acabaram incompreendidos e excluídos da sociedade. Alguns consideram inferiores os vossos valores, a vossa cultura e as vossas tradições. Outros, fascinados pelo poder, o dinheiro e as leis do mercado, espoliaram-vos das vossas terras ou realizaram empreendimentos que as contaminaram.”

“Que tristeza! Como nos seria útil a todos fazer um exame de consciência e aprender a pedir perdão!”, disse.

Dirigindo-se em particular aos jovens destas comunidades, Francisco pediu-lhes para manterem a sabedoria dos seus antepassados para assim ajudar a combater uma “cultura do descarte”.

“O mundo de hoje, espoliado pela cultura do descarte, necessita de vós. Os jovens de hoje, expostos a uma cultura que tenta suprimir todas as riquezas e características culturais tendo em vista um mundo homogéneo, precisam que não se perca a sabedoria dos vossos anciãos. O mundo de hoje, prisioneiro do pragmatismo, tem necessidade de voltar a aprender o valor da gratuidade.”

Ainda esta tarde o Papa vai visitar a catedral de San Cristóbal de Las Casas e encontrar-se com famílias num estádio da capital, Tuxla Gutierrez.

Francisco está de visita pastoral ao México desde sexta-feira passada. O regresso à Europa está marcado para o fim do dia de quarta-feira, com chegada a Roma na Quinta-feira por volta das 13h00.

A Renascença no México com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.