|
A+ / A-

O essencial do Orçamento do Estado 2016

05 fev, 2016 - 18:18

Tudo o que precisa de saber. Ponto por ponto.

A+ / A-

Depois de um esboço enviado a 22 de Janeiro e arduamente negociado em Bruxelas, Governo teve luz verde para avançar. Veja aqui o essencial do OE "diferente e dialogante" apresentado esta sexta-feira pelo ministro das Finanças Mário Centeno.

FISCALIDADE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

SAÚDE

FAMÍLIAS

OUTROS

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Elsa Caetano
    06 fev, 2016 Odivelas 19:15
    Ainda gostava de saber porque os funcionários públicos só podem trabalhar 35 horas, são seres humanos diferentes dos outros cidadãos??? Não somos todos portugueses?? Ou afinal há portugueses de quantas categorias??
  • Maria Manuela
    05 fev, 2016 porto 22:09
    A questão principal remete para se o orçamento pode vir a ser o primeiro pequeno passo no caminho que todos os comunicam através dos media afirmam ser necessário e querer, isto é, tornar digna e justa uma sociedade que tem aceitado o repreensível fosso entre os que têm e os que não. A intenção existe precisamos todos de a concretizar.
  • JP
    05 fev, 2016 Lisboa 19:44
    Não vejo aqui o aumento do IMI para as empresas como muitos comentadeiros nos quiseram impingir. Tanto quanto sei os FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO é que vão passar a pagar IMI pois até agora estavam isentos. Para mim foi uma ótima medida.