|
A+ / A-

Portas. Cristas mostrou determinação e Melo generosidade

16 jan, 2016 - 18:00

O ainda presidente centrista elogiou os dois nomes.

A+ / A-

O líder do CDS, Paulo Portas, elogiou na Batalha, Leiria, a candidata à liderança do partido Assunção Cristas pela abrangência do projecto que apresentou, realçando também a generosidade de Nuno Melo, que optou por não se candidatar.

Apesar de não manifestar formalmente o seu apoio à candidatura de Assunção Cristas à liderança do CDS, Paulo Portas sublinhou que a ex-ministra da Agricultura, que o acompanhou num evento que decorreu hoje na Batalha, "mostrou determinação, que é essencial na política", referindo ainda para a "abrangência do projecto que defende".

O ex-vice-primeiro-ministro disse que o eurodeputado Nuno Melo "mostrou não apenas o valor que ele dá à coerência da sua palavra, como mostrou também generosidade, que é um valor importante em política".

O CDS, no seu entender, está a dar "um belíssimo exemplo de maturidade e de sentido de responsabilidade" nesta transição de liderança, mostrando-se confiante "na nova geração" do partido.

Paulo Portas falava aos jornalistas à margem da inauguração do Portugal Industries Center (PIC), um centro destinado a promover a produção nacional, na Batalha, que inclui uma exposição em que estão representadas 150 empresas e 1.300 produtos fabricados em Portugal, e que contou com a presença de Assunção Cristas, deputada do CDS eleita pelo círculo de Leiria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Paulo
    17 jan, 2016 vfxira 12:08
    Com a Cristas o cds/pp vai durar um pouco mais do que com o Nuno Melo,o fim deste partido está em contagem decrescente,e não vai deixar saudades.
  • rosinda
    17 jan, 2016 palmela 03:01
    quando a generosidade esta longe ! nao empata ninguem!
  • Portugues
    16 jan, 2016 portugal 20:57
    Essas pessoas que deixam o partido e aqueles que fazem continuação, são uns totos sabendo que são o partido mais pequeno, não tem vos no país.
  • Sacudir o Caos
    16 jan, 2016 V. F. Xira 20:38
    Quando leio palavras tão fraternais como estas: “Cristas mostrou determinação e Melo generosidade”, fico com o coração espatifado. Quando ouço as promessas de contenção de Paulo Portas nesta questão da sua substituição, fico absolutamente arrasado pela nobreza do gesto. Realmente, o que seria deste país se esta egrégia geração não emergisse do Caldas?