|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Princípio e Fim
A+ / A-
Arquivo

Princípio e Fim

Igreja mobilizada na luta contra o tráfico humano

08 fev, 2015 • Ângela Roque


O primeiro Dia de Oração e Sensibilização contra o Tráfico de Pessoas foi o destaque do “Princípio e Fim”, onde transmitimos já alguns excertos da entrevista com o Patriarca de Lisboa, a pouco dias de ser Cardeal.

O  Papa apelou este domingo ao empenho de todos no combate ao tráfico humano que considera ser uma “chaga vergonhosa”. Francisco associou-se desta forma ao primeiro Dia Internacional de Oração, uma iniciativa do Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes da Santa Sé.

Para nos falar desta realidade no nosso país veio conversar connosco a presidente da Comissão de Apoio às Vítimas do Tráfico de Pessoas. A irmã Júlia Barroso diz que foi preciso quase uma década para se reconhecer a dimensão do fenómeno em Portugal, que já não é só pais de trânsito mas também de origem e destino de pessoas traficadas. Ouvimos também o Bispo de Beja, D. António Vitalino, responsável pelo sector da mobilidade humana na Comissão da Pastoral Social.

Antecipando o Dia Mundial do Doente o coordenador nacional dos capelães hospitalares falou-nos da importância que a assistência espiritual e religiosa pode ter para quem está internado, lamentando que muitos profissionais de saúde omitam que esse serviço existe.

Em destaque no programa esteve ainda a “Festa da Luz”, que decorreu este sábado em Évora, uma iniciativa promovida pelo Movimento Fé e Luz, que apoia pessoas com deficiência intelectual e as suas famílias. Falámos ainda dos Cursilhos de Cristandade, que já são um Movimento Pontifício.

A reforma da Cúria que o Papa quer implementar será de continuidade, ou de ruptura? Na véspera de começar, no Vaticano, a reunião plenária do grupo de 9 Cardeais, a reflexão foi feita na crónica desta semana assinada pelo padre Tiago Freitas, responsável pela comunicação da arquidiocese de Braga.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.