O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Como o Brasil “tirou o Carnaval do povo”. André Jordan regressa ao morro de onde saiu o samba

13 fev, 2018 - 09:58 • Catarina Santos

Carnaval rima com samba no Brasil, mas não foi sempre assim. André Jordan, empresário do turismo que vive em Portugal há quase 50 anos, foi um dos responsáveis pela abertura daquele género musical à classe média e alta carioca, na década de 1950. Com as irmãs Dalal Achcar e Aniela Jordan de visita a Portugal, a família faz uma viagem no tempo para recordar como o samba saiu do morro. Apesar de o carnaval estar hoje dominado por patrocinadores e ter perdido "espontaneidade", continua a ser "o escape" do povo.
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.