O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Seca terá desvendado mais arte rupestre no Guadiana

13 fev, 2018 - 08:35

Cinco gravuras que especialistas acreditam ser de arte rupestre foram descobertas nas margens do rio Guadiana, em Elvas, após a descida das águas provocada pela seca. As gravuras foram encontradas no início de fevereiro pelo espanhol Joaquin Larios Cuello, que organiza percursos pedestres na região. O achado que vai ser analisado pela Direção Regional de Cultura do Alentejo.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.