O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

"Voto Costa". Morais Sarmento admite ter errado na escolha das palavras

12 dez, 2017 - 20:53

Nuno Morais Sarmento explica à Renascença as declarações polémicas ao jornal Sol, em que admitiu votar em António Costa, "se for para ficar onde estamos". O mandatário da candidatura de Rui Rio admite ter escolhido mal as palavras e afirma ver a mudança necessária a acontecer tanto com Rui Rio como com Santana Lopes. Sarmento critica ainda a reacção do ex-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que classificou as suas declarações como "tristes" e "inaceitáveis". Santana Lopes "é a última pessoa a poder fazer estes comentários", afirma Morais Sarmento.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.