O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Dentro do navio português que salvou 145 vidas no Mediterrâneo

14 nov, 2017 - 22:04 • Fonte: Lusa

Durante um mês, o navio “Viana do Castelo”, da Marinha Portuguesa, andou pelo Mediterrâneo a resgatar migrantes e a controlar a imigração irregular, ao serviço da agência europeia de fronteiras. De 9 de Outubro a 9 de Novembro, os portugueses salvaram 145 pessoas, na zona entre a Itália e a Tunísia. Dar carinho a quem chega de uma viagem aterradora, às vezes, faz parte do trabalho.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.