O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
hora da verdade

Ascenso Simões prevê “muitas dificuldades" na aplicação das medidas anti-incêndios

25 out, 2017 - 21:07 • Celso Paiva Sol (Renascença) e David Dinis (Público). Foto: Nuno Ferreira Santos/Pùblico

É preciso garantir que as Forças Armadas cooperam, que os parques Naturais mudam, que os ministérios falam. Ascenso Simões garante que António Costa vai ter um papel decisivo na reforma da floresta e deixa-lhe alguns alertas. O antigo secretário de Estado, que diz conhecer muito bem o "funcionamento" de António Costa, trabalhou de 2005 a 2007 com o actual primeiro-ministro, na pasta da Administração Interna. Prevê dificuldades na aplicação das medidas recém-aprovadas contra os incêndios e um virar de página na política do governo.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.