O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Eleições em Angola

Bonga espera que MPLA não tenha “a maioria absoluta ridícula dos últimos anos”

23 ago, 2017 - 14:30

O cantor angolano queria melhor para os seus “patrícios” do que o “vira o disco e toca ao mesmo” que prevê. Em Portugal há cerca de 50 anos, Bonga critica que os angolanos no exterior não possam votar. Na Renascença, o cantor apontou dedo às enormes desigualdades sociais que subsistem em Angola e elogiou “miúdos como Luaty Beirão”, que têm “uma coragem tremenda”.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.