O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

"EUA vão proteger-nos”. Guam não se assusta com “fogo-de-artifício” de Pyongyang

10 ago, 2017 - 14:49 • Catarina Santos

É preciso ampliar bastante o mapa para se identificar a ilha ameaçada pelos mísseis da Coreia do Norte. Guam é bem mais pequena do que a Madeira e está sossegada no meio do Oceano Pacífico. Os habitantes têm dificuldades em levar a sério o discurso de Pyongyang e sublinham que “seria muito estúpido” atacar um território que pertence aos Estados Unidos.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.