O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Em Macau também se canta e dança o "Malhão Malhão" - Dia 4 em Macau, a crónica de Miram Gonçalves

18 mai, 2017 - 15:31

Ana Manhã Sou é uma macaense que fundou o Rancho Folclórico “Macau no Coração”. Ao saber disto, a Miriam Gonçalves não resistiu e "convidou-se" para assistir a um ensaio, ver o grupo a dançar e conhecer o fabuloso acordeonista mongol, Cai Siu U, que toca e canta o “Malhão Malhão” como ninguém.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.