O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Falar Claro

Vera Jardim: "Não podemos manter Governo a navegar à vista com negociações à semana"

31 jan, 2017 - 23:38

O histórico socialista reconhece que "o grande programa de reversões" está "quase esgotado". No programa "Falar Claro", Vera Jardim assume a abertura de uma "fase mais difícil" do acordo à esquerda e pede "esforço para um programa com conteúdo" que não passe por uma governação "à bolina" de negociação permanente. Já Nuno Morais Sarmento admite que Passos Coelho pode ter querido forçar a nota como líder da oposição para combater o impacto de uma possível noticia esmagadora. "Um défice de 2 ou 2,1% em 2016" pode estar à beira de ser anunciado, admite Sarmento.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.