O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Eunice Muñoz: "Têm de ir ver teatro. No teatro estamos vivos"

18 jan, 2017 - 13:38 • Maria João Costa (entrevista), Teresa Abecasis e Inês Rocha (edição), Ricardo Fortunato (pós-produção), Bárbara Afonso, Conceição Sampaio (imagem), Edgar Sousa (iluminação)

Pisou o palco pela primeira vez há 75 anos, quando tinha apenas 13. Ali começou uma história de amor sério com o teatro, que continua alimentar aos 88 anos. Entretanto, vestiu a pele de cerca de 70 personagens diferentes, entre elas a inesquecível Anna de "Mãe Coragem", um papel tão difícil e emotivo que chegou a assustá-la. Para os que a conhecem da televisão, deixa um apelo: "Têm que ir ver teatro. É diferente do cinema e da televisão. Nós estamos ali, vivos, a respirar com eles. O teatro é insubstituível".
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.