O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Palmas acompanham Soares na baixa de Lisboa. "Pela liberdade que nos deu"

09 jan, 2017 - 14:41 • Catarina Santos , Maria João Costa

Para uns foi a fonte luminosa em 1975, para outros o 1º de Maio de 1974, para outros a campanha eleitoral de 1986. São vários os momentos da vida de Mário Soares que ficam na memória dos portugueses. Algumas dezenas de cidadãos concentraram-se esta segunda-feira em frente à Câmara de Lisboa para lhe prestar uma última homenagem. O caixão seguiu depois em armão, com escolta a cavalo da GNR, até ao Mosteiro dos Jerónimos.
Tópicos
Entrevista

António Pinho Vargas. "As pessoas a fazer música são aquilo que me mantém vivo"

Aos 65 anos, o músico e compositor lança o seu 13.º disco, “Magnificat | De Profundis”. Em entrevista, fala das paixões pela História e pelo piano, da política cultural e da subalternidade histórica da música portuguesa.
prémios Obciber: Reportagens vencedoras
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.