|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Simply Red

Os Simply Red esperam por si em Novembro

01 abr, 2015

Vai ser um grande concerto Renascença

Os Simply Red esperam por si em Novembro

“Vou só ali a Paris assistir a um concerto e já venho!” Esta vai ser a frase que A Ana Ferreira vai dizer aos seus amigos. A Ana  foi a grande vencedora do passatempo Simply Red que a Renascença tinha para si.

Para os fãs de Simply Red esta era uma oportunidade única de assistir a um concerto do grupo na cidade de Paris, dia 17 de Novembro. Afinal, se o novo álbum dos Simply Red se chama “Big Love”, nada mais apropriado do que a cidade do amor para ver a banda ao vivo.

De 22 a 26 de Junho, todas as manhãs, a partir das 10h, tinha de espreitar o site da Renascença para saber qual a foto do dia que lhe permitia inscrever-se no passatempo. Essa foto era a chave para participar. Depois os participantes tinham de responder a perguntas sobre a banda e o vencedor desse dia passava para o dia seguinte. No final da semana só um ouvinte ganhava a viagem a Paris para assistir ao concerto dos Simply Red e a vencedora foi a Ana Ferreira. Parabéns!

“Big Love” é o nome do novo álbum (o primeiro álbum de estúdio lançado nos últimos 8 anos) que tem 12 músicas originais. O single de estreia foi “Shine On” mas entretanto a banda já disponibilizou o vídeo de "Ghost of Love", uma estreia Renascença. O álbum chegou às lojas a 1 de Junho.

Este “Big love” nasceu, segundo Mick  Hucknall, de uma reflexão que o cantor fez sobre a sua carreira e o significado que as músicas dos Simply Red têm tido, ao longo dos anos, para tantas pessoas. Enquanto se perdia nestes pensamentos o vocalista deu por si a ganhar inspiração para escrever uma música nova, depois outra e depois outra e mais outra e sem dar por isso já tinha seis músicas e a possibilidade de criar um novo álbum – um álbum Renascença.

Mas, voltemos ao início. Tudo começou em 1984 quando Mick Hucknall, Tony Bowers, Chris Joyce e Tim Kellett se juntaram para criar uma banda. Mais tarde vieram também Sylvan Richardson e Fritz McIntyre. Os Simply Red “derivaram” dos Frantic Elevators, um grupo a que Hucknall pertencia quando era estudante de Arte.

“Picture Book" saiu em Outubro de 1985, logo com dois grandes êxitos: "Money's Too Tight (To Mention)" e "Holding Back the Years".
“Men and Women”, editado um ano depois, não foi um sucesso tão grande, ainda que tivesse incluído temas bastante conhecidos do público como "The Right Thing", "Infidelity" e "Every Time We Say Goodbye".
Entretanto vieram fazer-nos uma visita. Foi em 1988 que os Simply Red deram o seu primeiro concerto em Portugal. A sala escolhida foi o Pavilhão Dramático de Cascais.

O terceiro trabalho dos Simply Red (nome que teve origem nas preferências clubísticas de Mick Hucknall – adepto do Manchester United), "A New Flame", lançado em 1989, foi Disco de Ouro, muito em parte graças a temas como "If You Don't Know Me By Now", "It's Only Love" e "A New Flame", que foram muito aplaudidos pela crítica.

"Stars" sai em 1991 e revela "Something Got Me Started" e "Stars", os seus dois singles com mais sucesso. "Life" chegou quatro anos depois e incluiu o hino do Europeu de Futebol de 1996: "We're in This Together". "Blue" foi editado em 1998 e, um ano depois, foi posto à venda o CD "Love and the Russian Winter".

Já em 2003 o grupo britânico lançou "Home" e, dois anos mais tarde "Simplified", uma colecção de temas novos e antigos, da qual se extraiu um tema inédito, "Perfect Love", bem como um "Something Got Me Started" de cara lavada!

Em Setembro de 2006,  os Simply Red vieram a Portugal para dois concertos inesquecíveis: o primeiro no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e o segundo no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Entretanto, a banda das "estrelas" comemorou 25 anos de carreira e editou "25: The Greatest Hits", onde cantou os temas que marcaram a sua carreira e presenteou os inúmeros fãs de todo o mundo ao dizer "Go Now"! Em 2007 foi a vez de “Stay” e de uma pausa.

Passados oito longos anos, os Simply Red estão agora de regresso com novidades.
Em 2015 a banda comemora 30 anos e edita a caixa “Song Book 1985 – 2010”. Esta caixa é a mais completa colectânea que alguma vez se editou com os êxitos dos Simply Red e contém quatro CDs, dos quais os três primeiros representam, cada um deles, uma década – os anos 80, 90 e 00 – sendo que o quarto CD inclui gravações novas de grandes êxitos, curiosidades e raridades.
Para além disso lançam também "Big Love", um disco de originais - o primeiro em 8 anos - que conta com apoio Renascença. O primeiro single a sair foi "Shine On".