|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Bolsa no vermelho no dia em que a CMVM comete "lapso" sobre BCP

06 ago, 2014

Não está proibida a venda a descoberto das acções do banco, ao contrário do que chegou a ser avançado pelo próprio regulador.

Bolsa no vermelho no dia em que a CMVM comete "lapso" sobre BCP

A Bolsa de Valores de Lisboa afundou esta quarta-feira 4,07%, a maior queda da Europa, com todas as 18 empresas no vermelho.

A esta queda não foram imunes os papéis da banca, nomeadamente os títulos do BCP, que fechou o dia a perder 15,07%. Uma acção do BCP vale agora oito cêntimos.

No seguimento deste mau resultado do BCP, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) chegou a avançar com a informação de que estaria proibida temporariamente a venda a descoberto das acções do banco. Retirou esse dado pouco depois referindo que a informação veiculada deveu-se a "um lapso".

Também na banca, o BPI perdeu 8,8% e o Banif 5,8%.

Os principais índices das bolsas europeias fecharam também em terreno negativo.