Trump desafia aliados da NATO a duplicarem despesa com Defesa
Inserido em 11-07-2018 16:51

Presidente norte-americano quer que aliança atlântica exija formalmente que cada país gaste 4% do PIB com defesa comum.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, defende que os aliados da NATO devem aumentar os seus orçamentos de Defesa para 4% do Produto Interno Bruto (PIB).

A notícia foi avançada pelo Presidente búlgaro, Rumen Radev, no primeiro dia da cimeira da Aliança Atlântica, em Bruxelas.

“O Presidente Trump foi o primeiro a falar e levantou a questão não só de os aliados chegarem aos 2%, agora, mas também definiu uma nova meta de 4%”, disse Radev aos jornalistas.

Antes da cimeira, Donald Trump voltou a criticar os aliados da NATO que não cumprem a meta dos 2% de gastos com defesa e chegou a defender que os EUA sejam reembolsados por serem o principal investidor da Aliança Atlântica.

Portugal é um dos países que não cumpre esse objetivo. O orçamento de Defesa nacional representa atualmente cerca de 1,36% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo os dados divulgados terça-feira pela NATO. O valor está ainda longe da meta de 2% acordada entre os países membros da Aliança Atlântica, mas é superior aos valores investidos por países como a Alemanha.

Apenas quatro países além dos EUA - Grécia, Estónia, Reino Unido e Letónia - já atingem a meta dos 2% como foi decidido na cimeira do País de Gales em 2014, para ser alcançada no espaço de 10 anos (até 2024).