Deschamps. "Amanhã jogamos com a Bélgica, não com Portugal"
Inserido em 09-07-2018 16:53

Selecionador francês antevê a meia-final contra a Bélgica num jogo em que a França vai ter de sofrer fisicamente.

Didier Deschamps, sem medo das táticas belgas e confiante num jogo que vai “ser dos jogadores”, fez esta segunda-feira a antevisão à meia-final do Mundial 2018 contra a Bélgica.

A França está na máxima força para tentar chegar pela segunda vez consecutiva a uma final de uma grande competição de seleções.

Umitit, jogador do Barcelona, que sofreu bastante fisicamente na partida contra o Uruguai não tem quaisquer “problemas físicos”, garantiu o selecionador.

“Ele não teve problema nenhum especial no último jogo. É normal que vão surgindo alguns problemas pequenos ao longo da temporada, quando se joga contra equipas de alto nível é normal sofrer fisicamente”, salientou Deschamps.

A Bélgica surpreendeu o Brasil com o posicionamento “muito específico” mas isso não é algo que o selecionador gaulês não vê como um “problema”, já que a equipa está preparada.

“O principal é quando eles têm a bola, porque atacam muito rápido e com muita pressão. Mas nós estamos preparados para qualquer cenário durante o jogo”, analisa.

O jogo que esta terça-feira “vai ser dos jogadores” possibilita à equipa francesa a chegar a outra final numa competição internacional. A última, no Europeu de 2016, que acabou com uma derrota contra Portugal e que fez o título de campeão do Velho Continente viajar para terras lusas, não está esquecida. Mas “este é outro jogo”.

“Aquele jogo [contra Portugal] foi num contexto específico e é obvio que nos doeu perder a final. Mas isto é outro jogo. Agora estamos nas meia-finais e vamos tentar dar tudo. Amanhã jogamos com a Bélgica e não com Portugal”, concluiu.

Bélgica e França disputam um lugar na final do Mundial 2018 na terca-feira, pelas 19h00 num jogo marcado para São Petersburgo e que será dirigido pelo árbitro uruguaio Andrés Cunha, com o português Artur Soares Dias como vídeo-árbitro.

O jogo terá informações na antena da Renascença e acompanhamento em rr.sapo.pt.