O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
espanha

"Messi já renovou pelo Barcelona", garante presidente da LaLiga

14 nov, 2017 - 17:00

Javier Tebas ironiza, ainda, com os mais recentes rumores, na imprensa espanhola, da intenção de Cristiano Ronaldo de deixar o Real Madrid: "É a 19.ª que se diz que ele vai embora."
A+ / A-

O presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, revelou, esta terça-feira, que Lionel Messi já renovou contrato com o Barcelona.

A renovação do internacional argentino com o clube catalão tem sido um dos grandes assuntos da época, já desde o defeso, em que se anunciou a decisão de renovar. Contudo, até agora, não tinha havido qualquer confirmação oficial da assinatura, apesar das constantes garantias do presidente "culé", Josep Maria Bartomeu.

Foi preciso, portanto, que Tebas viesse a público e confirmasse o que tem teimado em não ser oficial: "Messi tem contrato e já renovou. Os contratos são oficiais quando se assinam, não quando se diz que foram assinados. E Messi assinou com o Barcelona. Se não me enganaram, assinou", frisou o presidente da LaLiga.

Messi tina contrato até Junho de 2018, o que lhe dava liberdade para, a partir de Janeiro, assinar por outra equipa. Terá renovado até 2021.

Tebas aproveitou, ainda, para ironizar com uma possível saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid, notícia avançada pela imprensa espanhola. "Não sei, é a 19.ª que se diz que ele vai embora, por isso não vou opinar. Tem anos de contrato e não acredito que o seu ciclo termine. Ele assina para cumprir os contratos", frisou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.