A+ / A-

Vítimas dos incêndios devem estar atentos aos burlões. Há falsos funcionários da EDP no terreno

20 out, 2017 - 07:46

A presença de pessoas mal intencionadas foi detectada pela GNR.
A+ / A-

Veja também:


A Câmara de Pampilhosa da Serra alertou a população contra possíveis burlões, após os graves incêndios que atingiram a zona. De acordo com o presidente da autarquia, José Brito, a GNR detectou a presença de pessoas a percorrer as aldeias do concelho fazendo-se passar por funcionários da EDP com o objectivo de assaltar.

“Tivemos um alerta da GNR, dando-nos conhecimento que há burlões no terreno, aproveitando-se desta situação mais débil das pessoas a fim de roubar as pessoas, tentar de alguma forma prejudicá-las”, explicou.

O autarca acrescenta que além de falsos funcionário da EDP, os burlões apresentam-se também como familiares de vítimas dos incêndios.

A autarquia apela à comunidade para que “não abram a porta a qualquer pessoa, que se certifiquem da identidade das pessoas e da entidade que representam, não por palavras mas por documentos”.

De acordo com o mais recente balanço feito pela Protecção Civil, na sequência dos incêndios de domingo morreram 43 pessoas e cerca de 70 ficaram feridas, mais de uma dezena das quais graves.

Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria
    20 out, 2017 Porto 11:58
    Será que o BE sabe o que significa a palavra "obsceno"? Vai aplica-la aqui? Há muito teatro no BE....
  • otário cá da quinta
    20 out, 2017 coimbra 11:04
    Infelizmente é o que temos! Já não chegava os BURLÕES DE GRAVATA que se alinhavaram com os tais CATORZE MILHÕES, OU MAIS DE DÁDIVAS, que já ninguém dá explicações onde para esse dinheiro, só faltavam mais estes! MAS NÃO HÁ NINGUÉM QUE PONHA COBRO A TANTA ROUBALHEIRA, QUE MANDE PRENDER, MAS PRENDER MESMO SEM JULGAMENTO TANTO LADRÃO? Já viram que isto é com ministros, presidentes de grandes empresas, banqueiros, oficiais, sargentos e guardas do exército e GNR, são PJ, juízes, é P.de Câmaras mas o povo até gosta deles, enfim, parece QUE É O SALVE-SE QUEM PUDER ! Infelizmente se uma desgraçada de velhinha rouba um pão para comer num supermercado - gaiola com ela, mas bem feito, que roubasse a caixa.
  • Mario
    20 out, 2017 Portugal 10:40
    Quando a governação de um Pais e baseada nas marcantes diferenças sociais, e na corrupção, havendo tantos desempregados os burlões, aparecem como uma praga. Isso e prova de uma sociedade doente com marcante desinteresse pela segurança e bem estar dos seus concidadãos.
  • Carlos Silva
    20 out, 2017 Leíria 09:49
    Serão estes trafulhas os verdadeiros interessados nos incêndios? Quem são? A PJ já investigou algum canalha destes?
  • Janeka
    20 out, 2017 olhão 09:44
    O que é que se faz com os ratos? Extermínio...!!!
  • João Nobre
    20 out, 2017 Olhão 08:59
    Infelizmente,há que aproveite,das desgraças dos outros!!!
  • DR XICO
    20 out, 2017 LISBOA 08:56
    No domingo não apareceram os bombeiros o povo resolveu, agora com os burlões se a GNR não aparecer o povo que se junte e resolva sem piedade. ao mais pequeno sinal de vigaristas o povo que se junte e deixem-nos todos negros para fazerem "pandan" com a vegetação
  • desatina carreira
    20 out, 2017 queluz 08:48
    EDP tinha que ser