A+ / A-

Onze frases de Sócrates e da sua defesa, da detenção à acusação

11 out, 2017 - 14:03

José Sócrates foi acusado esta quarta-feira pelo Ministério Público de ter cometido 31 crimes. A Renascença reúne algumas das frases de defesa do ex-primeiro-ministro.
A+ / A-
A guerra dos 1000 dias. Da detenção à acusação de Sócrates
A guerra dos 1000 dias. Da detenção à acusação de Sócrates

“As imputações que me são dirigidas são absurdas, injustas e infundamentadas; a decisão de me colocar em prisão preventiva é injustificada e constitui uma humilhação gratuita.” 26 de Novembro de 2014, dias depois da detenção

“O 'sistema' vive da cobardia dos políticos, da cumplicidade de alguns jornalistas; do cinismo das faculdades e dos professores de Direito e do desprezo que as pessoas decentes têm por tudo isto.” 4 de Dezembro de 2014

“À medida que o tempo passa, cresce a legítima suspeita de que este processo tem como verdadeira motivação condicionar as próximas eleições e impedir a vitória do PS.” 19 de Agosto de 2015, numa carta enviada, a partir da cadeia de Évora, para a SIC e o "Jornal de Notícias"

“Não se apresentam provas e factos, porque não as têm e não as tinham e não as vão ter. É impossível provar aquilo que nunca aconteceu.” 14 de Dezembro de 2015, um ano depois da detenção

“Foi uma insinuação covarde e torpe que o senhor juiz fez a meu respeito.” 16 de Setembro de 2016, a propósito da entrevista que o juiz Carlos Alexandre deu à SIC

“Entreguei hoje no tribunal competente uma acção contra o Estado. Se o Estado não arquiva, nem acusa, acuso eu.” 3 de Fevereiro de 2017, dia em que Sócrates anunciou que ia processar o Estado

“Quem está seguro e quem está confiante, ou acusa ou cala-se.” 13 de Março de 2017, a propósito da forma de condução do inquérito

“Todo o apartado de 2014 se revela o que realmente foi: um mísero pretexto para um assassinato de carácter.” 27 de Abril de 2017, os advogados de Sócrates reagem ao prolongamento do prazo para a conclusão da fase de inquérito

"Se fosse uma avioneta que caísse, ao pé de um supermercado... isso é um assunto do senhor Presidente. Agora, uma instituição tão vital como a justiça que não funciona, isso já é um 'fait-divers'." 27 de Abril de 2017

“Há muito que deixou de ser um inquérito para se transformar num departamento estatal de caça ao homem.” 2 de Maio de 2017

"A um primeiro relance, trata-se de um romance, de um manifesto, vazio de factos e de provas, pois não pode ser provado o que nunca aconteceu." 11 de Outubro de 2017, comunicado da defesa de Sócrates depois de deduzida acusação.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Leonardo
    14 out, 2017 Massamá 10:54
    Não se prende ninguém para investigar é precisamente ao contrário, investiga-se primeiro e depois de recolhida prova de fato (desculpem lá tenho que escrever brasileiro) acusa-se! A haver prisão preventiva no mesmo dia da acusação marca-se a data do julgamento, é assim o Estado de Direito. Ainda a propósito gostava de saber dos 4.000 milhões que foram injetados na CGD! porquê imparidades pelo não pagamento dos empréstimos concedidos pela CGD! a quem foram atribuídos esses empréstimos? como contribuinte da CGD gostava de saber!
  • Paulo Jorge Botelho
    13 out, 2017 Torres Novas 22:12
    Este vigaro deve achar que toda a gente é burra !!! Gastou milhares e dizia se pobre !!!! já agora podia explicar isso sem ser com a historia mal contada que era dinheiro do amigo ...... essa não .. ninhum portugues a come !
  • Angel
    12 out, 2017 suiça 11:06
    com respeito a este senhor ou a qualquer outro cidadão. tenho seguido as noticias através da televisão, no meu ponto de vista simplesmente na minha opinião, a falta de incapacidade do nosso MP dos nossos Juises e dos nossos jornaleiros é a maior pouca vergonha da Europa , agora cada vez dou mais razão ao senhor presidente do eurogrupo é so copos e mulheres. uma vez por todas não enganem o povo, nos Portuguêses merecemos a verdade.
  • Vdias
    12 out, 2017 Moçambique 10:29
    Ídolo. Homem pensante. Brilhante.
  • Manuel Simao
    12 out, 2017 Porto 10:05
    Este vígaro continua a pensar que somos todos burros. Calem-no de uma vez por todas!
  • Judite Gonçalves
    11 out, 2017 Barreiro 16:29
    Não sei se o Senhor José Sócrates é culpado ou inocente, ele o saberá e a justiça talvez saiba algo ou não. O facto é que este processo se vai arrastando, sem parecer ter fim. Sendo culpado ou inocente é bom que Sócrates seja indemnizado pelo Estado, pois a justiça é demasiado lenta para tecer acusações, culpar ou elivar quem quer que seja. Parece-me que estes crimes a existirem já foram expiados por tanta demora na acusação. Seria bom que para além das frases de Sócrates a Renascença recordasse uma conversa ou entrevista que teve com um dos advogados há uns bons tempos atrás, onde este não negava os factos, mas afirmava que a lei não prevê aqueles factos como crime. Não recordo muito bem as palavras do senhor advogado, mas foi mais ou menos neste sentido. Era bom que fossem recordadas, para que as pessoas que aqui escrevem não acusem ou inocentem de animo leve. Não só porque não são a justiça, mas também porque não assistiram aos alegados crimes. O resto que se relaciona com a governação de Sócrates e com os seus cursos não estão aqui neste processo. O melhor que quem lida com a justiça se mexa, porque acusados ou inocentes têm direito a seguir em frente.
  • FIlipe
    11 out, 2017 évora 14:53
    Desde D. Afonso Henriques foi o homem que enfrentou essa classe de da lei , lhes tirou regalias e vencimentos mensais , os afastou de chefias no governo , esses que agora rejeitam recursos nos tribunais superiores . Foram poucos os crimes anunciados para tanto tempo , tanta raiva , tamanha vingança e completo abuso de poder de gente infantil canalha que não e não aplica a lei aprovada na Assembleia da República . Aplica a sua lei pessoal e convicções baseadas em romances de jornalistas freelancer sem emprego certo e a recibo verde . Até na altura formaram conjuntos musicais dos homens da luta , deolindas e senhores engenhiro dos Xutos , etc . , de vingança contra o homem que se dizia ter Inglês tirado por FAX , processos ... mais processos e que hoje não existe processos quando tiram cursos de proteção de civis do 9º anos para Mestrados e lançam quase uma centena de indefesos para morrerem queimados nas chamas que eles adoram ver arder quando lhes apetece e onde eles querem que arda . AVACALHADO pela justiça Portuguesa organizada pela Maçonaria , onde qualquer magistrado que aplique a lei correta a favor da lei é logo afastado e multado por ser contra a vingança justiceira , como afastaram ... ainda foram poucos crimes , só 31 para tanto tempo , tantos eucaliptos deitados abaixo que deram tantas resmas de papel que vai acabar para limpar o rabinho por todos os departamentos da justiça em Portugal a fim de controlar os custos do papel higiénico . Tratem-se com XANAX .
  • Mario
    11 out, 2017 Portugal 14:16
    Ha gente que compulsivamente mente mesmo sabendo que tudo e verdade mas como nao admite que foi descoberto pois julgasse imune a tudo.