O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Fernando Medina perde maioria absoluta em Lisboa

02 out, 2017 - 04:53

PS com menos três vereadores do que em 2013.
A+ / A-

O socialista Fernando Medina foi eleito no domingo presidente da Câmara de Lisboa com 42,02% dos votos, pelo que o PS perdeu a maioria absoluta na capital, ficando com menos três vereadores do que em 2013.

Em 2013, a candidatura do PS à Câmara de Lisboa, na altura encabeçada pelo agora primeiro-ministro António Costa, conseguiu eleger 11 mandatos.

Segundo os resultados oficiais divulgados esta segunda-feira pelo Ministério da Administração Interna, o CDS-PP conseguiu quatro vereadores, com 20,57% dos votos (mais três do que nas autárquicas anteriores); o PSD obteve dois (perde um), com 11,23%; a CDU dois (mantém), com 9,56%; e o Bloco de Esquerda, com 7,13%, conseguiu um mandato.

Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.