A+ / A-

António Costa: "Resultado eleitoral reforça o PS. Há claramente um derrotado que é o PSD"

01 out, 2017 - 23:27

Líder socialista destaca "maior vitória eleitoral da história do PS" e "reforço da mudança no quadro parlamentar”.
A+ / A-
António Costa: "Resultado eleitoral reforça o PS. Há claramente um derrotado que é o PSD"
António Costa: "Resultado eleitoral reforça o PS. Há claramente um derrotado que é o PSD"

Eleições autárquicas 2017:


O resultado das eleições autárquicas "reforça o PS" e há um "claro derrotado que é o PSD", afirma o líder socialista, António Costa.

Num discurso de balanço da noite eleitoral, Costa começou por afirmar que "o PS teve hoje a maior vitória eleitoral da sua história".

“Este resultado eleitoral reforça o PS, mas reforça e dá força à mudança que, no quadro da maioria parlamentar, se iniciou há dois anos e permitiu mudança política com mudança de resultados”, destacou o secretário-geral do PS e primeiro-ministro.

“Foi um resultado muito mau para a direita portuguesa. Tivemos mais votos, mais mandatos, mais presidências de câmaras e freguesias. Agora, há claramente um derrotado que é o PSD. Procurar outros resultados é disfarçar a leitura essencial: vitória do PS e reforço da mudança no quadro parlamentar”, sublinhou António Costa.

Numa referência aos partidos que apoiam o Governo no Parlamento, PCP, Bloco de Esquerda e Verdes, falou dos resultados económicos que a mudança de políticas permitiu alcançar nos últimos dois anos.

“Valeu a pena a mudança. Vamos ter o maior crescimento deste século, o menor défice da democracia. Estamos a meio do caminho e é preciso dar continuidade e força às políticas que iniciamos há dois anos com o PCP, o Bloco e os Verdes”, afirmou o líder do PS.

“Esta mudança sai reforçada dando força à continuidade e política de reposição dos rendimentos, do investimento, criação de emprego, reduzindo défice e a dívida para termos finanças públicas sãs”, defendeu.

António Costa considera que agora é preciso dar continuidade a uma política de crescimento e de convergência com o resto da Europa.

Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Autárquicas. O terror, a música e o serão esfuziante: cenas de uma noite eleitoral
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • antirouge
    02 out, 2017 Setúbal 23:34
    Sim, só que o senhor Costa muito matreiro como todos já devemos conhecê-lo esqueceu-se de referir a derrota que infligiu ao seu camarada Jerónimo, é pena tanta esperteza saloia! Para o senhor Jerónimo talvez comece agora a pensar se tanto fanatismo compensará em continuar como lambedor de botas, em todo o caso se a geringonça for mesmo para acabar de vez com os partidos fascistas que o compõem então que dure o tempo necessário para lá chegar!.
  • Fernando Pires
    02 out, 2017 Castelo Branco 12:15
    E o PCP,Verdes e BLOCO ganharam? Estes é que pederam Entregaram os eleitores a ti pessoalmente.O teu xicuembo anestesia essa gente e os media. Coitados! Bem podiam estar calados e pedir desculpa aos seus eleitores do partido por terem escorregado na banana que costa vos lançou.