A+ / A-

Costa. “Há bons resultados porque houve boas políticas"

29 set, 2017 - 20:02

Líder socialista apelou ao voto no PS no próximo domingo.
A+ / A-

O primeiro-ministro reage aos resultados do o Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre a descida do desemprego referindo que “há bons resultados porque houve boas políticas”.

“Para os números caírem dá algum trabalho. Os números não caem, os números constroem-se. Há bons resultados porque houve boas políticas e temos de dar continuidade a essas boas políticas para continuar a ter bons resultados”, disse António Costa.

A taxa de desemprego de Julho de 2017 situou-se em 8,9%, menos 0,2 pontos percentuais do que no mês anterior e menos 0,6 p.p. em relação ao trimestre anterior, revelou o INE.

Este valor corresponde ao valor mais baixo desde Novembro de 2008.

Numa acção de campanha ao lado de Fernando Medina, candidato do PS em Lisboa, Costa falou também sobre autárquicas, apelando ao voto, e utilizando uma expressão de Cristas: “lufada de ar fresco”.

“Ninguém pode confiar nas sondagens. É preciso ir votar no domingo para que esta onda de alegria, esta lufada de ar fresco se traduza em mais força para o PS. Temos de continuar a mudança que iniciámos há dois anos e para Fernando Medina continuar este trabalho”, refere.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • PSD
    29 set, 2017 Lx 21:17
    acolitados ao CDS, o partido dos oportunistas para o empobrecimento do País e destruição de familias! Confisco de reformas, pensões e subsídios de Natal e férias porque não havia alternativas!
  • goncalves
    29 set, 2017 suisse 21:03
    È sò bla bla bla
  • bobo
    29 set, 2017 lisboa e outra 20:54
    Senhor Pouquinho não embandeirar em arco Sócrates fez o mesmo e deu no que deu Não acredito na sua venda de banha da cobra Fiquei farto de ilusões no governo do Sócrates em que o senhor comprou gato por lebre SIRESP
  • Filipe
    29 set, 2017 évora 20:35
    Londres tem quase os mesmo habitantes de Portugal e é governada por um presidente de câmara e ao que parece os políticos em Inglaterra são muito ... muito menos que em Portugal , isto tudo para dizer que grandes profissões tem esta gente onde até de cada voto recebem do Estado os partidos ... grande 25 Abril aconteceu em Portugal , formaram uma grande quinta política de amigos e familiares , talvez hoje com dimensões de invejar qualquer economia , mas em despesas ao Estado . Não admira que os impostos e taxas nem cheguem para pagar a essa gente . Eu não voto desde o tempo de Pântano e se pudesse rasgava a inscrição . Lixo !
  • Anónimo
    29 set, 2017 Lisboa 20:31
    Deve estar a falar do tempo em que esteve a levar Portugal à bancarrota no governo do Sócrates. E agora está a aplicar a mesma receita. Gasta todos os nossos impostos e já individuo o nosso país em mais 20.000.000.000€ Já vamos em 250.000.000.000€ só para comprar votos.
  • santos
    29 set, 2017 leiria 20:26
    PS O PARTIDO DAS BANCARROTAS