A+ / A-

D. Manuel Martins em 15 frases. Directo, incisivo, sem papas na língua

24 set, 2017 - 18:29

Sempre pensou pela sua cabeça. Nunca se escondeu. Sempre disse o pensava. O homem e o seu pensamento em 15 frases recolhidas nas inúmeras entrevistas que deu em mais de quarenta anos de vida pública.
A+ / A-
D. Manuel Martins, o bispo dos marginalizados
D. Manuel Martins, o bispo dos marginalizados

Bispo Vermelho

"Chamavam-me Bispo Vermelho porque ocupava espaços de onde a igreja nunca devia ter saído".

A Igreja e a ideologia

"Igreja de Jesus Cristo deve ser de esquerda e não de direita"

O Mundo

"Olho para o nosso mundo, para este mundo, com a maior preocupação. Desaparecem os valores basilares de uma Sociedade sólida e, sem eles, nada se constrói: o nosso pior futuro rasteja aí no sub-chão e ninguém, em lado nenhum, mesmo no altar, onde se canta a vida, se pode considerar seguro."

O PREC

"Em todo o lado, se vivem momentos de sofrimento e de preocupação, tendo só em conta as condições materiais. Também em Portugal. Quem o diria depois do 25 de Abril? Será exagero afirmar que muito do pior do 24 de Abril se escapou para o 25? É relembrar a loucura que se viveu e instalou durante o chamado PREC. Vivi-o em cheio. Foi um enorme pesadelo que se viveu em Portugal, feito de vingança, injustiça, agressões, ambições de toda a ordem. Sabem-me a um abominável pesadelo que não sou capaz de descrever."

A corrupção

“É evidente que a corrupção engrossa uns tantos e empobrece a maior parte e o poder político vive numa dependência inteira e às vezes humilhante do poder económico. Precisávamos de um banho de regeneração que nos permitisse um acto de confiança, cantar a esperança, porque, de facto, estamos numa situação muito escura, que não permite sonhar com o dia de amanhã”.

Família

“Fazer o possível e o impossível para que a família seja uma família a sério, uma família sólida, onde haja diálogo. Em muitíssimos casos a família não existe ou se existe não o é… e depois a própria sociedade, temos que a ajudar em encontrar-se em valores”.

Economia

"É uma economia diabólica, desgraçada, hiper super liberal, que tem lá no alto da pirâmide meia dúzia de homens que mandam no mundo e muitas vezes desgraçam o mundo."

Mário Soares e Cavaco Silva

"Era evidente que Mário Soares e Cavaco Silva não gostavam das minhas intervenções. Eu falava do que sabia, da fome que o povo passava. Nós sabemos que os políticos não gostam de ser contestados..."

Europa

“A Europa está em agonia, está moribunda. É preciso chamar alguém que lhe dê os últimos sacramentos”.

A Política

Precisávamos de um terramoto que atingisse as inteligências dos mais responsáveis deste mundo, porque a política deixou de ser um serviço para todo o povo, sobretudo para o povo de cada país”,

Católicos na política

"Católicos na política temos muitos, agora católicos que estejam na política com todas as exigências da fé, com verdade, de entrega, de serviço, disso temos um défice."

"Temos um défice de católicos a agir como políticos"
"Temos um défice de católicos a agir como políticos"

Os costumes

“Isso dos brandos costumes são histórias. Temos boa gente, mas quando for preciso também deixamos de ser boa gente. Tenho muito medo disso.”

A Igreja

“A Igreja faz festas muito bonitas e esquece-se de vir para o meio daqueles que sofrem. Tem acordado muito, mas as atitudes que tem tomado são mais no sentido da assistenciazinha, da caridadezinha. Tem de ir mais longe. Ela mesma tem que dar sinais.”

Educação sexual

"Não sei como é que não há um levantamento nacional contra essa educação que querem ministrar às nossas crianças. Educação sexual é essencial, é urgente, mas o modo como esta está a ser gizada é no sentido da sexualidade, do uso do sexo..."

Proposta de casamento homossexual

"Foi politicamente usada para dar mais um pontapé na educação cristã do povo português. Foi para distrair o povo português."


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel A M Cruz Cruz
    03 out, 2017 Porto 19:44
    BRILHANTE!!!
  • Manuel Fortuna
    27 set, 2017 Trofa 17:40
    Gostava muito do D.Manuel Martins e confessei-me muitas vezes a ele em jovem; era um grande padre e foi um grande bispo. Discordo dele em muitas coisas: Diz que a Igreja deve ser da esquerda e não da direita; discordo profundamente a igreja não deve ser da direita nem da esquerda; deve ser de Amor que é foi o que Cristo ensinou e aí na esquerda só vejo ódio; tudo o que defendem para os outros é puro oportunismo; aliás ele ao falar do Prec e maneira como falou contradiz-se : o PREC foi uma vergonha e foi e foi totalmente da esquerda.
  • Vera
    25 set, 2017 Palmela 14:45
    " De pé diante dos homens, de Joelhos diante de Deus". (D. Manuel Martins) "Eu sou o Bom pastor, guardo as minhas ovelhas..."(Jesus Cristo). O Bispo de Setúbal, também foi um bom pastor! também guardou o rebanho mais próximo e apelou para outros rebanhos, mais afastados.
  • João
    25 set, 2017 Aveiro 10:37
    Este homem foi o maior cristão que existiu em Portugal. Quem dera que muitos cristãos o tomem como exemplo