O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-
Primeira Liga

FC Porto e Bruno Fernandes dominam prémios de Agosto

15 set, 2017 - 17:42

Os portistas Casillas, Alex Telles e Aboubakar vencem três dos quatro prémios de equipa. O médio do Sporting vence todos os prémios individuais. Miguel Cardoso é o melhor treinador.
A+ / A-

FC Porto e Bruno Fernandes arrecadaram seis dos sete prémios mensais do campeonato, relativos ao mês de Agosto, atribuídos pela Liga.

O médio do Sporting, que conta com quatro golos marcados em cinco jornadas, foi eleito o Melhor Jogador do Mês, com 37,6% dos votos, mais do dobro do segundo classificado, o benfiquista Seferovic, que reuniu 17,3% das preferências. Aboubakar, do FC Porto, foi terceiro, com 11,5%.

No que toca aos dragões, Casillas foi considerado Guarda-Redes do Mês, batendo por larga margem Rui Patrício, do Sporting, e Charles, do Marítimo. O Defesa do Mês foi Alex Telles, à frente de Coates, do Sporting, e de Marcelo, do Rio Ave. Aboubakar venceu o prémio de Avançado do Mês, superiorizando-se a Seferovic e Jonas, do Benfica.

Bruno Fernandes volta à lista para a escolha do Golo do Mês, referente ao primeiro "tento" do internacional português de sub-21 diante do V. Guimarães, e para a atribuição do prémio de Médio do Mês, votação em que bateu a concorrência de Bruno Xadas, do Sp. Braga, e Lucas Evangelista, do Estoril.

O único prémio em que Bruno e dragões não escrevem o nome é o de Treinador do Mês. A distinção foi para o estreante Miguel Cardoso, que contou por vitórias três dos quatro jogos realizados em Agosto, o que colocou os vila-condenses no topo da tabela, e ainda travou o Benfica, em casa, com um empate a uma bola.

O FC Porto também triunfa na II Liga: Fede Varela, da equipa B, foi eleito o Melhor Jogador do Mês do segundo escalão do futebol português, superando Osama Rashid, do Santa Clara, e o também portista Galeno.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.